MAUS TRATOS

VÍDEO: restos mortais de cães eram armazenados por dono de chácara em sacos e freezers

"É um show de horrores", disse a delegada do caso

Bia Freire
Bia Freire
Publicado em 18/05/2022 às 16:21 | Atualizado em 18/05/2022 às 16:38
Reprodução/ OAB - Distrito Federal
Os sacos estavam com os restos dos animais - FOTO: Reprodução/ OAB - Distrito Federal
Leitura:

Um caso de maus-tratos está sendo investigado pela 18ª Delegacia de Polícia, em Brazlândia, no Distrito Federal. O dono de um suposto abrigo de animais armazenava restos mortais de cachorros e gatos em geladeiras e freezers do local.

De acordo com a Polícia Civil, os sacos de ração estavam repletos de ossadas de animais.

..

Um registro da descoberta foi feito na última sexta-feira (13). No vídeo divulgado pela Polícia, é possível ver a grande quantidade de sacos que estavam no local.

Veja o vídeo:

A delegada do Projeto São Francisco, Ana Paula Vasconcelos, contou que após uma denuncia os agentes se depararam com os restos mortais no local.

A mulher ainda revelou que achou o caso se trata do pior tipo de crueldade.

“É o pior caso em crueldade e quantidade que já vi no DF. É inexplicável a quantidade de ossadas que tem lá. No local ainda há cerca de 230 animais vivos. Todos caquéticos, desidratados, infestados de pulgas e carrapatos”, disse Ana Paula.

Ana Paula ainda disse que o homem era alvo de várias denúncias, mas nenhuma delas foi a frente.

“Ele já foi alvo de inúmeras denúncias que nunca foram para frente. Dessa vez, nós conseguimos juntar provas e entregamos tudo à polícia”, pontua.

Lares temporários

Agora, após a apreensão do homem, a advogada pede ajuda para encontrar lares temporários para os animais, que foram encontrados vivos no local.

"Não há destinação para tantos animais de uma só vez. Precisamos de ração urgente e lares temporários para tirar esses animais de lá. Temos que encerrar aquilo ali. É um show de horrores”, finaliza.

VEJA ASSUNTOS SEMELHANTES: Bombeiro mergulha em loja inundada para resgatar cachorro; veja vídeo

Mais Lidas