Violência

Delegado revela últimos momentos com vida de jovem morta por PM em Caruaru

Vítima era ex-namorada do suspeito

Marilia Pessoa
Marilia Pessoa
Publicado em 19/05/2022 às 10:35 | Atualizado em 19/05/2022 às 10:40
Notícia
Reprodução/redes sociais
Jovem é morta a tiros por policial militar em Caruaru - FOTO: Reprodução/redes sociais
Leitura:

A jovem de 20 anos Débora Siqueira de Arruda foi morta a tiros por um policial militar nessa quarta-feira (18) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Em entrevista à TV Jornal, o delegado Eric Costa revelou os últimos momentos com vida da vítima.

O suspeito de cometer o crime é o ex-namorado de Débora, o PM Alef David da Silva, de 23 anos. Após matar a ex, ele teria tirado a própria vida.

..

A principal linha das investigações do caso é feminicídio. Segundo informações da polícia, Débora e Alef estava em um relacionamento há aproximadamente um ano e se separaram recentemente.

Delegado detalha últimos momentos com vida de jovem morta pelo policial militar

De acordo com o delegado Eric Costa, o PM teria chegado na casa de Débora após passar a madrugada trabalhando. No local, eles tiveram uma discussão.

"Ele trabalhou a noite toda e chegou na residência dela. Eles moravam juntos e teve uma separação recente. Tudo indica que eles tiveram uma discussão e infelizmente ocorreu essa tragédia", explicou o delegado.

Ainda segundo Eric Costa, muitas discussões e brigas estavam ocorrendo no fim do relacionamento do casal.

Velório e sepultamento

O corpo de Débora começou a ser velado na noite da quarta (18) no cemitério Parque dos Arcos, em Caruaru. O sepultamento deve ocorrer no mesmo cemitério, às 11h desta quinta-feira (19).

O de Alef está sendo velado em uma igreja evangélica e deve ser sepultado em um cemitério no Alto do Moura.

*Com informações de Renata Araújo, da TV Jornal Interior

Comentários

Mais Lidas