truculência

PRF afasta policiais de Sergipe envolvidos em abordagem que resultou na morte de homem com transtornos mentais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) instaurou um processo disciplinar

Gabriela Luna
Gabriela Luna
Publicado em 27/05/2022 às 9:43
Notícia
FOTO: Reprodução
GENIVALDO DE JESUS: homem com transtornos mentais morre em ação da PRF em Sergipe - FOTO: FOTO: Reprodução
Leitura:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) instaurou um processo disciplinar e afastou os dois policiais envolvidos na abordagem truculenta que culminou na morte de um homem com transtornos mentais no município de Umbaúba, em Sergipe, nessa quarta-feira (25).

Em boletim, os agentes admitiram que usaram gás lacrimogêneo e spray de pimenta no momento em que houve a detenção da vítima.

..

"A Polícia Rodoviária Federal informa que está comprometida com a apuração inequívoca das circunstâncias relativas à ocorrência no estado de Sergipe, colaborando com as autoridades responsáveis pela investigação. A PRF instaurou processo disciplinar para elucidar os fatos e os agentes envolvidos foram afastados das atividades de policiamento", disse a nota da corporação.

A PF informou, em uma outra nota, que diligências do caso já foram iniciadas, destacando que "trabalha para esclarecer o ocorrido o mais breve possível".

"Diante dos delitos de desobediência e resistência, após ter sido empregado legitimidade o uso diferenciado da força, tem-se por ocorrida uma fatalidade, desvinculada da ação policial legítima", disse a PRF.

Entenda o caso

Segundo laudo do IML, Genivaldo de Jesus dos Santos, 38 anos, morreu por asfixia, após ser colocado no porta-malas de uma viatura da PRF durante uma abordagem e submetido a disparos de gás lacrimogênio e spray de pimenta.

Os agentes da PRF, no entanto, registraram que Genivaldo havia morrido por conta de um mal súbito., após a abordagem que foi filmada, nessa quarta-feira (25).

 

 

Comentários

Mais Lidas