CRIME

Suspeito de matar própria família revela detalhes do crime brutal que chocou Pernambuco

O jovem de 24 anos é suspeito de participar do crime que matou o pai, a mãe e a irmã em Carpina, Mata Sul de Pernambuco

Catêrine Costa
Catêrine Costa
Publicado em 21/07/2022 às 13:03 | Atualizado em 21/07/2022 às 13:04
Redes Sociais
O filho de 24 anos é suspeito de matar mãe, pai e irmã. - FOTO: Redes Sociais
Leitura:

Thalys Emanoel Medeiros da Cunha, de 24 anos, é suspeito de participar de um assalto que resultou na morte do pai, da mãe e da irmã na cidade de Carpina, na Mata Sul de Pernambuco.

O homem confessou a participação no crime no dia em que corpos dos pais foram encontrados carbonizados dentro de um carro em um canavial em Nazaré da Mata, na mesma região, na última segunda-feira (18).

O corpo da irmã, não foi encontrado. A suspeita é de que tenha sido totalmente consumido pelas chamas.

Em no depoimento prestado a polícia revelou detalhes de como todo crime ocorreu. 

>>Homem que matou pai, mãe e irmã participou de perícia antes de confessar o crime; veja foto

Ednaldo Tavares
Homem confessou ter assassinado pai, mãe e irmã - Ednaldo Tavares

No depoimento, Thalys Emanoel Medeiros da Cunha, de 24 anos, disse que combinou o assalto na casa da família, com uma pessoa, porém sete participaram do latrocínio. 

DEPOIMENTO

O suspeito revelou que o acordo era roubar um carro, duas motos, uma moto alugada, TV, notebook, três celulares e a máquina de costura da mãe, avaliada em R$ 30 mil. Na negociação ficou acordado que ele ficaria com R$ 5 mil para pagar agiotas.

Thalys contou que tinha uma dívida de R$ 2.400 e confessou que o valor era referente a farra e que não estava recebendo ameaças.

Ainda segundo o relato, o crime aconteceu no dia 18 de julho.

Os sete criminosos chegaram à residência da família encapuzados, mas que ele reconheceu o motorista (pessoa que havia fechado acordo) pela tatuagem que tinha no braço.


ASSASSINATOS

Ele contou que o pai foi assassinado no sofá da sala depois de reagir quando um dos bandidos passou a mão nas partes íntimas da irmã.

Nesse momento, seu Manoel Ferreira da Cunha, 48 anos, foi atingido por diversas marretadas na cabeça e depois levou várias facadas no pescoço.


Reprodução/ TV Jornal
Manoel Ferreira da Cunha, de 48 anos. - Reprodução/ TV Jornal

Já a mãe, Marcilene Maria Medeiros da Cunha, 55 anos, e a irmã Thaynara Emanuelli Medeiros da Cunha, foram executadas do lado de fora da casa.

Reprodução/ TV Jornal
Marcilene Maria Medeiros da Cunha, 55 anos. - Reprodução/ TV Jornal

Reprodução/ TV Jornal
Thaynara Emanuelli Medeiros da Cunha, de 18 anos. - Reprodução/ TV Jornal

Thalys disse ainda que depois das mortes, ele tocou fogo nas cortinas, panos próximos aos corpos, capa de sofá, nas roupas e tentou pintar as partes da casa sujas de sangue para tentar ocultar o crime.

Em seguida, os corpos das vítimas foram levados no banco de trás do carro da família até a zona rural de Nazaré da Mata, onde foram carbonizados. Ele viu tudo.

ENTENDA O CASO

O carro foi encontrado em um local de mata, no Engenho Alcaparras, zona rural do município de Nazaré da Mata.

>>'Nele só se destaca a frieza', diz delegado sobre homem que incinerou a própria família dentro de carro em Pernambuco

De acordo com a polícia, dois corpos estavam completamente carbonizados dentro do automóvel com placas de Carpina, na mesma região.

Ednaldo Tavares
Homem confessou ter assassinado pai, mãe e irmã incinerados - Ednaldo Tavares

Com uma das vítimas, foi encontrado o relógio que pertencia ao pai do suspeito.

"Deu para visualizar bem os corpos de duas pessoas. Existe a possibilidade da outra vítima não estar no carro, mas também há a possibilidade dela ter sido completamente incinerada. A identificação está difícil através de DNA", disse o delegado Pedro Leite, de Nazaré da Mata.

Arthur Borba, da TV JORNAL
Homem confessou ter assassinado pai, mãe e irmã - FOTO:Arthur Borba, da TV JORNAL
Ednaldo Tavares
Homem confessou ter assassinado pai, mãe e irmã - FOTO:Ednaldo Tavares
Reprodução/ TV Jornal
Manoel Ferreira da Cunha, de 48 anos. - FOTO:Reprodução/ TV Jornal
Reprodução/ TV Jornal
Marcilene Maria Medeiros da Cunha, 55 anos. - FOTO:Reprodução/ TV Jornal
Reprodução/ TV Jornal
Thaynara Emanuelli Medeiros da Cunha, de 18 anos. - FOTO:Reprodução/ TV Jornal
Ednaldo Tavares
Homem confessou ter assassinado pai, mãe e irmã incinerados - FOTO:Ednaldo Tavares

Mais Lidas