Saúde

Lesões no treino: Veja as 4 mais comuns durante exercícios físicos

Além de listar as lesões mais comuns durante exercício físico, médico ortopedista explica como prevenir dores e machucados

Imagem do autor
Cadastrado por

Guilherme Gusmão

Publicado em 15/06/2024 às 13:13
Notícia

As lesões, como incômodos indesejáveis, podem surgir durante a realização dos treinos na academia e prejudicar o alcance dos resultados dos adeptos de atividades físicas.

Ao mergulhar no universo fitness, muitos têm como objetivo não só alcançar um bom condicionamento físico, assim como também promover a saúde e o bem-estar geral.

Contudo, mesmo com as melhores intenções em mente, é essencial reconhecer os riscos envolvidos durante a realização dos treinos.

Isso porque as lesões são uma realidade com a qual muitos atletas, tanto profissionais quanto amadores, devem lidar.

Em entrevista ao Saúde em Dia, o médico ortopedista e especialista em medicina do esporte, Wander Ama, listou os tipos mais frequentes de lesões em quem pratica exercícios físicos. Confira 4 exemplos nesta matéria!

Lesões mais comuns durante os treinos

1. Tendinites

A tendinite é uma condição que envolve a inflamação ou irritação de um tendão, que é a estrutura fibrosa que conecta um músculo a um osso.

Essa inflamação geralmente ocorre devido ao uso excessivo do tendão durante exercícios físicos repetitivos ou devido a uma lesão aguda.

2. Distensões musculares

Conhecidas também como estiramentos musculares, são lesões que ocorrem quando as fibras musculares são esticadas além de seus limites normais.

Isso pode acontecer durante atividades físicas vigorosas, movimentos bruscos, sem um aquecimento adequado.

3. Lesões de impacto

Cortes, lesões traumáticas ou contusões devido a colisões, choques ou quedas durante a prática de atividades físicas, muitas vezes causadas pela falta de consciência situacional e habilidade técnica.

4. Fraturas por estresse

Lesões ósseas que ocorrem devido ao aumento súbito da intensidade ou duração do treino físico, resultando em estresse excessivo nos ossos sem tempo suficiente para adaptação.

O que fazer em caso de lesões?

Em caso de lesão, pare imediatamente a atividade física e aplique gelo no local para reduzir o inchaço e a dor. Além disso, é importante observar a intensidade da dor, capacidade de movimento e presença de inchaço.

Já se a lesão for grave, é crucial recorrer a uma avaliação médica imediata devido à dor intensa e a incapacidade de movimento. O retorno ao treinamento deve ser gradual e orientado por um especialista. 

“O processo de recuperação varia de acordo com cada organismo. É essencial garantir que a lesão esteja totalmente curada antes de retomar as atividades normais”, explicou o ortopedista.

VEJA TAMBÉM: 

“A matéria apresentada neste portal tem caráter informativo e não deve ser considerada como aconselhamento médico. Para obter informações fornecidas sobre qualquer condição médica, tratamento ou preocupação de saúde, é essencial consultar um médico especializado.”

Tags

Autor