Bolsa Família

Bolsa Família antecipado: Milhares de famílias recebem pagamento unificado nesta segunda-feira (17); saiba onde

Parcelas do programa estarão disponíveis para os beneficiários no primeiro dia do calendário, independentemente do número do NIS. Entenda

Imagem do autor
Cadastrado por

Suzyanne Freitas

Publicado em 17/06/2024 às 8:36 | Atualizado em 17/06/2024 às 8:39
Notícia

Nesta segunda-feira (17/06), 658.016 famílias em 497 municípios do Rio Grande do Sul receberão o pagamento unificado do Bolsa Família para o mês de junho.

O valor médio do benefício é de R$ 673,36, totalizando um repasse de mais de R$ 443 milhões pelo Governo Federal.

Anteriormente, em 16 de maio, 620 mil famílias gaúchas receberam o pagamento unificado do Bolsa Família como parte das medidas emergenciais do Governo Federal em resposta à crise climática.

Em 27 de maio, mais 21,6 mil famílias foram incluídas, resultando em 641,6 mil famílias beneficiadas no mês passado.

Desde então, a busca ativa e a gestão do programa garantiram a inclusão de mais 16,4 mil famílias no Rio Grande do Sul.

CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Com a retomada do Bolsa Família no ano passado, 322 mil crianças de zero a seis anos, pertencentes às famílias gaúchas amparadas pelo programa, recebem o Benefício Primeira Infância (BPI), que adiciona R$ 150 ao valor mensal. Este benefício implica um investimento de R$ 44,88 milhões em recursos federais.

Além disso, outras 497 mil crianças e adolescentes entre sete e 18 anos incompletos são contemplados com o Benefício Variável Familiar, que acrescenta R$ 50 por integrante nesta faixa etária.

Em junho, o investimento destinado aos municípios gaúchos para este benefício totaliza R$ 22,41 milhões.

GESTANTES E NUTRIZES

O programa também beneficia 35.981 gestantes e 11.853 mulheres em fase de amamentação (nutrizes) no Rio Grande do Sul, que recebem um complemento de R$ 50. Para estas beneficiárias, o investimento federal é de R$ 2,24 milhões.

MAIS FAMÍLIAS

Porto Alegre é a cidade com o maior número de famílias contempladas pelo Bolsa Família em junho, com um total de 88.494 famílias.

O investimento na capital é de R$ 58,81 milhões, proporcionando um benefício médio de R$ 664,65 por família.

Outros municípios gaúchos com grande número de beneficiários incluem Pelotas (24.698 famílias), Canoas (22.326), Viamão (20.282) e Gravataí (18.133).

VALOR MÉDIO

O município de São Vendelino, com população de 2.251 pessoas, das quais 18 são contempladas com o Bolsa Família, detém o maior valor médio de benefício no Rio Grande do Sul: R$ 843,22.

Completam a lista dos cinco com maior valor médio os municípios de Nova Boa Vista (R$ 795), Pinto Bandeira (R$ 760,10), Aratiba (R$ 748,74) e Engenho Velho (R$ 741,28).

AUXÍLIO GÁS

Junho também é marcado pelo pagamento do Auxílio Gás, no valor de R$ 102, pago a cada dois meses, e que atenderá neste mês 5,8 milhões de famílias em todas as 27 Unidades da Federação, resultado de um investimento federal de R$ 592,1 milhões.

Outras cidades que vão receber antecipado:

  • Acre: 19 cidades;
  • Amazonas: 3 cidades;
  • Bahia: 39 cidades;
  • Espírito Santo: 13 cidades;
  • Paraná: 19 cidades;
  • Rio de Janeiro: 14 cidades;
  • Rio Grande do Norte: 41 cidades;
  • Roraima: 9 cidades.

Calendário Bolsa Família Junho

  • NIS final 1: pagamento no dia 17 de junho;
  • NIS final 2: pagamento no dia 18 de junho;
  • NIS final 3: pagamento no dia 19 de junho;
  • NIS final 4: pagamento no dia 20 de junho;
  • NIS final 5: pagamento no dia 21 de junho;
  • NIS final 6: pagamento no dia 24 de junho;
  • NIS final 7: pagamento no dia 25 de junho;
  • NIS final 8: pagamento no dia 26 de junho;
  • NIS final 9: pagamento no dia 27 de junho;
  • NIS final 0: pagamento no dia 28 de junho.

Tags

Autor