Dinheiro

Caixa paga Bolsa Família Junho a beneficiários com NIS de final 8

O valor mínimo do benefício é de R$ 600, mas com os novos adicionais, o valor médio sobe para R$ 683,75. Confira detalhes sobre o pagamento

Publicado em 26/06/2024 às 7:24
Notícia

Nesta quarta-feira (26/06), a Caixa Econômica Federal realiza o pagamento da parcela de junho do novo Bolsa Família para beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 8.

O valor mínimo do benefício é de R$ 600, mas com os novos adicionais, o valor médio sobe para R$ 683,75.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, o programa de transferência de renda do governo federal beneficiará 20,84 milhões de famílias neste mês, com um investimento total de R$ 14,23 bilhões.

Além do valor base, o Bolsa Família inclui três adicionais:

  • O Benefício Variável Familiar Nutriz oferece seis parcelas de R$ 50 a mães de bebês de até seis meses de idade para garantir a alimentação da criança.
  • Famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos recebem um acréscimo de R$ 50.
  • Famílias com crianças de até 6 anos recebem um adicional de R$ 150.

Os pagamentos do Bolsa Família ocorrem nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Beneficiários podem consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, que também permite acompanhar as contas poupança digitais.

A partir deste ano, os beneficiários do Bolsa Família não terão mais o desconto do Seguro Defeso, conforme estabelecido pela Lei 14.601/2023, que resgatou o Programa Bolsa Família.

O Seguro Defeso é destinado a pescadores artesanais que não podem exercer a atividade durante o período da piracema (reprodução dos peixes).

Auxílio Gás

Nesta quarta-feira, o Auxílio Gás também será pago às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com Número de Inscrição Social (NIS) final 8.

O valor do benefício foi mantido em R$ 102 devido às recentes reduções no preço do botijão de gás.

O programa, que tem duração prevista até o fim de 2026, beneficia cerca de 5,8 milhões de famílias. Com a aprovação da Emenda Constitucional da Transição no final de 2022, o Auxílio Gás foi garantido em 100% do preço médio do botijão de 13 kg.

Para ser elegível ao Auxílio Gás, é necessário que a família esteja incluída no CadÚnico e tenha pelo menos um membro que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A lei que instituiu o programa prioriza a mulher responsável pela família, bem como mulheres vítimas de violência doméstica.

Tags

Autor