menu

"Budega da poesia" é o recanto da cultura em Arcoverde

Estabelecimento nascido do amor de amigos pela arte transformou-se em polo do São João da cidade

Fundada por três amigos amantes da poesia, local torno-se polo do São João da cidade de Arcoverde
Fundada por três amigos amantes da poesia, local torno-se polo do São João da cidade de Arcoverde (Reprodução/TV Jornal Interior)

Casinhas coloridas simulam uma vizinhança, cordéis e fotos antigas enfeitam o interior. Quem passa pela "budega da poesia" em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, não precisa nem ouvir versos para saber que o local possui uma atmosfera cultural diversificada.

Há 15 anos, três apaixonados pela poesia pensaram em estabelecer um local que fosse uma verdadeira declaração de amor à arte. De acordo com Fernando Gonçalves, um dos organizadores, a ideia aconteceu durante uma manhã de diversão. "Eu estava com Romildo Gerente, que é outro poeta, e Elizeu Pereira, já falecido. Nos reunimos para tomar uma cachaça com caldo de mocotó em uma feira e cada um fazia o seu verso. Lá na barraca, eu coloquei uma plaquinha com o nome "barraca da poesia". Quando a feira acabava, não tinha nada no terreno e ficamos por aqui", explica. O nome "Budega da poesia" veio logo depois. A palavra "bodega" foi escrita com u para não perder o caráter do sotaque nordestino. 

Fazendo do local um canteiro para a arte, o estabelecimento rapidamente tornou-se importante para o portal do Sertão. Dois anos após a criação, a bodega foi transformada em Polo do São João de Arcoverde, com grande sucesso. Declamações de poesia, música e é claro, a típica cachaça nordestina são servidos no local. De acordo com os organizadores, o estabelecimento chega a receber três mil pessoas por noite durante as festas juninas.

A poesia ecoa por toda a cidade, em versos que transformam a "budega da poesia" em um verdadeiro recanto da cultura no Sertão.

Confira no especial "Vem que tem", da TV Jornal Interior

"Budega da poesia" é o recanto da cultura em Arcoverde

Povo na TV
  • 27/06/2019 18:24
Casinhas coloridas simulam uma vizinhança, cordéis e fotos antigas enfeitam o interior. Quem passa pela "budega da poesia" em Arcoverde, no Sertão de Pernambuco, não precisa nem ouvir versos para saber que o local possui uma atmosfera cultural diversificada. 3 minutos e 20 segundos