Curiosidades

Por que sexta-feira 13 é considerado dia do terror?

Saiba mais sobre a origem da superstição

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/08/2021 às 12:54
NOTÍCIA
Reprodução/CREEPY
FOTO: Reprodução/CREEPY
Leitura:

Muitas pessoas acreditam que a sexta-feira e o número 13 podem trazer má sorte. Quando o dia 13 cai em uma sexta-feira, os supersticiosos até evitam alguns hábitos. Mas você sabe por que sexta-feira 13 é considerado dia do terror?

A origem da superstição ainda é desconhecida, mas há diversas versões que podem explicar esse medo. Uma das versões é associada ao cristianismo. A última ceia de Jesus ocorreu em uma quinta-feira e ele estava reunido com 12 discípulos, o que totaliza 13 pessoas presentes no local. Cristo morreu no outro dia, sexta-feira.

Além disso, a tradição também fala sobre o livro do Apocalipse, que aponta o número 13 como a marca do anticristo.

Outra possível explicação está ligada à mitologia. Uma história de origem nórdica conta que o deus Odin teria feito um banquete e chamou 12 divindades. O deus da discórdia e do fogo, Loki, não teria sido chamado e, por isso, causou uma confusão e até um dos convidados morreu. A superstição fala que o encontro de 13 pessoas termina em tragédia.

Também há uma teoria relacionada à História. O rei Felipe IV, da monarquia francesa, viu seu poder ameaçado pela Igreja e resolveu se filiar a ordem religiosa dos Cavaleiros Templários, porém foi recusado. Ele ficou irritado e ordenou, em uma sexta-feira (no dia 13 de outubro de 1307), a perseguição dos templários.

*Com informações do Mundo Educação

Mais Lidas