Datas

Dia do Folclore: conheça as principais lendas

Manifestações da cultura popular são transmitidas de geração para geração

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 20/08/2021 às 9:58
NOTÍCIA
Reprodução/Sítio do Picapau Amarelo
FOTO: Reprodução/Sítio do Picapau Amarelo
Leitura:

O Dia do Folclore será comemorado neste domingo, dia 22 de agosto. Ele é caracterizado pelo conjunto de manifestações da cultura popular de um povo. São manifestações da cultura popular que formam a identidade social do povo e costumam ser transmitidas de geração para geração.

O termo "Folk" significa "povo" e "Lore" significa "conhecimento" ou “saber", sendo Folclore o "saber do povo". São alguns exemplos de manifestação folclórica danças, crendices, mitos, contos, música, brincadeiras, festas populares, entre outros.

A palavra “folclore” foi criada no século XIX e sua versão em português é um aportuguesamento de “folklore”. Na língua inglesa, o termo deriva de folk-lore e foi proposto pelo escritor William John Thoms no ano de 1846.

Na cultura do Brasil há diversos elementos de origem africana e indígena que podem ser definidos como folclore brasileiro. São muito populares as lendas de personagens como curupira, iara, saci-pererê, boto cor de rosa, lobisomem, mula sem cabeça e muito mais.

Conheça as principais lendas

Saci-pererê

Um dos personagens mais marcantes é representado por um menino que possui uma perna só, fuma cachinho, usa uma carapuça vermelha que lhe dá poderes mágicos e é bastante travesso.

Curupira

O personagem é representado por um menino com cabelos vermelhos e pés virados para trás, conhecido por ser o protetor da fauna e da flora.

Lobisomem

Lenda de origem europeia que conta a história de um homem que se transforma em um lobo nas encruzilhadas em noites de lua cheia. De acordo com a lenda, se uma mulher tem sete filhas e o oitavo filho é um homem, ele pode ser um lobisomem.

Iara

O nome significa “Senhora das Águas”. A personagem é representada por uma sereia que atrai os pescadores através de seu canto para matá-los.

Boto

De acordo com a lenda, o boto sai dos rios e se transforma em um homem que atrai e seduz as mulheres para levá-las ao fundo para o fundo dos rios e para acasalar.

Boitatá

Na língua indígena Tupi-Guarani, esse nome significa "cobra de fogo". O personagem é representado por uma serpente de fogo que protege os animais e as matas.

*Com informações do Mundo Educação UOL e Toda Matéria

Mais Lidas