Internacional

Corvos treinados recolhem bitucas em troca de comida na Suécia; veja vídeo

De acordo com organização sueca, são mais de 1 bilhão de pontas de cigarro deixadas na rua do país

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 02/02/2022 às 15:16
Notícia
Reprodução/Facebook/Mitt i Stockholm
Corvos são treinados para pegar as bitucas de cigarro - FOTO: Reprodução/Facebook/Mitt i Stockholm
Leitura:

Na Suécia, corvos foram treinados para recolher pontas de cigarro jogadas nas ruas e praças como parte de uma campanha de redução de custos. De acordo com a Fundação Keep Sweden Tidy, são mais de 1 bilhão de bitucas deixadas na rua do país a cada ano, o que custa mais de 20 milhões de coroas suecas na limpeza.

..

Ensinar aos corvos parecia mais fácil que convencer os humanos, por isso uma startup, Corvid Cleaning, afirmou que consegue treinar os animais a fazer o trabalho por meio do aprendizado, que recompensa as aves com comida para cada bituca de cigarro entregue.

Em entrevista ao The Guardian, o fundador da empresa, Christian Günther-Hanssen, contou que as aves selvagens participam voluntariamente e são mais fáceis de ensinar. “Eles são mais fáceis de ensinar e também há uma chance maior de aprenderem uns com os outros. Ao mesmo tempo, há um risco menor de eles comerem qualquer lixo por engano.”, contou.

Veja o vídeo:

Treinamento

Apesar de não explicar o passo a passo, o fundador explicou que os corvos são pássaros que estão entre os mais inteligentes da Terra e os treinamentos estão se mostrando bem sucedidos. Primeiramente eles são apresentados a um distribuidor de alimentos, que só deixam a comida cair quando o animal chega.

Nesse sentido, depois as recompensas alimentares são retiradas para que os pássaros comecem a procurar e buscar a máquina para que eventualmente acertem o botão que entrega a comida.

Juntamente com o outro passo onde os corvos descobrem que a recompensa só chega quando as bitucas são colocadas em um local específico. Aparenta ser complicado, mas Christian afirma que é uma solução e que 75% dos custos para limpeza podem diminuir.

Comentários


Mais Lidas