menu

UEFA deve autorizar mais de 23 jogadores por seleção na Eurocopa

Técnicos não querem que o torneio seja paralisado caso haja algum caso de Covid-19 nas equipes.

Taça da Eurocopa 2020.
Taça da Eurocopa 2020. (Reprodução/Twitter)

A União das Federações Europeias de Futebol (UEFA) deve permitir que as seleções que irão disputar a Eurocopa possam convocar mais do que 23 jogadores, segundo o “Daily Telegraph”. A demanda vem de vários técnicos devido aos riscos de ter jogadores contaminados com o coronavírus, informou a confederação europeia para a AFP.

Pode haver eliminação da seleção caso aconteça um surto de Covid-19 antes de suas partidas inaugurais por conta das regras do isolamento social. Assim, a UEFA deveria pagar uma multa às empresas que iriam transmitir a partida, aos torcedores que adquirirem ingressos e aos patrocinadores.

O objetivo da entidade é não ter que paralisar a competição por conta de um surto de Covid-19 entre os atletas e membros da comissão técnica. As informações também indicam que não há espaço para a reorganização de jogos por conta do calendário enxuto da competição.

"A UEFA se coloca a questão. Nenhuma decisão foi tomado até o momento", declarou um porta-voz, após os pedidos dos treinadores de Itália, Bélgica e França, que solicitaram equipes maiores para o Ainda não há uma definição se os elencos irão com mais atletas para os duelos ou se haverá uma lista de jogadores que ficarão de prontidão para substituírem possíveis contaminados pela Covid-19 durante o torneio.

Adiada por um ano em 2020, devido à pandemia, o torneio continental deve ser disputado em 12 cidades de 12 países, um desafio ainda maior devido ao contexto atual de pandmeia e ao fato de a UEFA querer que todos os estádios tenham público. O evento acontece de 11 de junho a 11 de julho.