Tóquio 2020

Paralimpíadas: Atleta caruaruense, Carol Santiago ganha ouro e bate recorde na natação

A atleta também ganhou a medalha bronze na última sexta-feira (27) nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020

Bruna Padilha
Bruna Padilha
Publicado em 29/08/2021 às 10:08
NOTÍCIA
Foto:Ale Cabral/CPB
FOTO: Foto:Ale Cabral/CPB
Leitura:

Batendo o recorde paralímpico (28s82), a atleta Carol Santiago conquistou mais uma medalha e dessa vez a de ouro nos 50 metros livre, na classe S13 (atletas com deficiência visual) e superou a própria marca(26s87) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. 

Em segundo lugar com a prata ficou com Anna Krivshina, do Comitê Paralímpico Russo e o terceiro lugar com Carlotta Gilli, da Itália. 

Essa é a segunda medalha da caruaruense, que na sexta-feira (27) conseguiu o terceiro lugar e ficou com o bronze, na prova dos 100 metros costas, da classe S12 (baixa visão) com 1m09s12. Carol Santiago nasceu com Síndrome de Morning Glory, uma alteração congênita na retina, que atinge o nervo ótico e reduz seu campo de visão. Na seletiva brasileira de natação, em junho, Carol bateu o recorde mundial dos 50m livre. 

> Carol Santiago, recordista pernambucana, garante bronze na natação nas Paralimpíadas de Tóquio

Próximas competições 

A nadadora tem disputas nos próximos dias de jogos paralímpicos. Na segunda-feira, com a classificatória dos 100 metros livre às 21h20 (horário de Brasília), caso seja classificada, no dia 31 de agosto é a final às 05h27. No mesmo dia da tem a classificatória de revezamento 4x100 às 07h34. Já no dia 1º, Carol disputa a final dos 100 metros Peito. 

Mais Lidas