Investigação

Menino de 8 anos achado morto em Garanhuns foi assassinado

Laudo do IML confirmou a causa da morte como traumatismo craniano proveniente de ação contundente

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/08/2019 às 11:16
NOTÍCIA
Reprodução / Arquivo pessoal
FOTO: Reprodução / Arquivo pessoal
Leitura:

O delegado titular da 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, Eric Costa, confirmou nesta quinta-feira (1º) que Lucas Vinícius da Silva, de oito anos, encontrado morto no dia 20 de julho após passar cinco dias desaparecido, foi assassinado. De acordo com ele, o laudo tanatoscópico realizado pelo Instituto de Medicina Legal (IML) constatou que a causa da morte foi "traumatismo craniano proveniente de ação contundente".

Durante as investigações, a polícia conseguiu identificar imagens de câmeras de segurança da criança viva, provavelmente poucos momentos antes de ser morta. Os vídeos foram encaminhados para o Instituto de Criminalística, que ficará responsável pelo trabalho de perícia.

O delegado informou ainda que cerca de 20 depoimentos foram colhidos para as investigações. Segundo o delegado, todas as linhas de investigação e possibilidades de autoria e motivação do crime estão sendo consideradas pela Polícia Civil.

Outras informações não podem ser repassadas pela polícia para não atrapalhar as diligências. A polícia disponibilizou os números (81) 98256.4545 e (81) 98170.2525 para que as pessoas possam repassar outras informações para contribuir na investigação.

Sepultamento aconteceu no fim da tarde de domingo
Sepultamento do menino foi de muita comoção em Garanhuns
Jefferson Nascimento/TV Jornal Interior

Relembre o caso

Lucas desapareceu no dia 15 de julho deste ano, após sair de casa para dar um recado ao dono de um ferro velho que fica próximo à residência, a pedido do avô. Na ocasião, o caso estava sendo investigado pela 135ª Delegacia de Garanhuns. As buscas tiveram o auxílio do Corpo de Bombeiros e de cães farejadores.

O corpo de Lucas foi encontrado no dia 20 de julho, já em estado avançado de decomposição, em um terreno baldio próximo à residência e ao ferro velho, por um morador que estava passando pelo terreno.

Mais Lidas