menu

Morre cadela atingida por soda cáustica em Belo Jardim

Mulher teria jogado substância química no animal, em julho deste ano

Cadela estava passando por tratamento, mas não resistiu
Cadela estava passando por tratamento, mas não resistiu (Reprodução/Facebook Anjos de Rua)

A cadela Vitória, que foi atingida por soda cáustica em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, no fim do mês de julho, não resistiu e faleceu nesta sexta-feira (16). O animal estava passando por tratamento em uma clínica veterinária particular da cidade.

De acordo com a ONG Anjos de Rua, que fez o resgate, a cadela estava curada da infecção e doença do carrapato, mas o quadro neurológico não avançava. Através de uma rede social, a ONG lamentou a morte e agradeceu a todos que oraram e apoiaram o animal.

A suspeita de ter jogado a soda cáustica no animal no bairro Cohab I é uma mulher. Os membros da ONG acreditam que a cachorrinha teria sido atacada porque estaria se amparando na chuva na porta da casa dela.

A suspeita foi identificada e levada para a Delegacia de Belo Jardim, onde prestou depoimento e foi liberada. De acordo com o delegado João Carlos, foi instaurado um termo circunstanciado de ocorrência, procedimento padrão em casos de crimes de menor potencial ofensivo.

Em depoimento, a suspeita confirmou que teria jogado água fervente no cão, mas não soube informar os motivos. Ainda segundo o delegado, a mulher assinou o termo de compromisso e ficará no aguardo da intimação judicial para realização da audiência. Caso ela seja condenada, a pena será restritiva de direitos, já que não há previsão de prisão para este tipo de crime.

Veja a nota da ONG Anjos de Rua: