Falta de água

Falta de água em Santa Cruz do Capibaribe prejudica moradores

Apenas 11 caminhões pipas abastecem a cidade

Levi Xavier
Levi Xavier
Publicado em 20/09/2019 às 15:32
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Manhã/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Manhã/TV Jornal Interior
Leitura:

O desabastecimento de água tem afetado a cidade de Santa Cruz do Capibaribe, no agreste de Pernambuco. A barragem de Tabocas, que abastece o município está apenas com 0,98% da sua capacidade.

Os moradores locais tem reclamado da falta de água por parte da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). De acordo com a professora Izabel Cristina, a cisterna de sua casa está quase vazia. "A gente fica a mercê da Compesa mandar caminhões, mas quando você faz o pedido, demora, porque a demanda é muito grande", disse.

O calendário de abastecimento da cidade sofreu alterações por conta do colapso em Tabocas. Com isso, apenas quatro bairros recebem água nas torneiras. O município tem aproximadamente cerca de 110 mil habitantes e conta com 11 caminhões pipas para o abastecimento de água.

Alguns moradores estão optando por não esperar a Companhia e acabam comprando água de carro-pipa. É o caso da autônoma Auremi Fagundes. Segundo ela, tem que comprar água de caminhão para poder realizar as atividades."Acho errado porque alguns bairros recebem água da Compesa, outros não. Algumas pessoas tem condições comprar carro-pipa, mas muita gente não tem", comentou.

Em nota, a Compesa informou que adotou a estratégia de abastecer Santa Cruz do Capibaribe pelo sistema Prata-Pirangi. Com isso, repartições públicas e alguns bairros recebem água regularmente.

Confira na reportagem do 'TV Jornal Notícias' programa da TV Jornal Interior

Mais Lidas