menu

Assaltos após sacar dinheiro em banco preocupa moradores em Caruaru

Segundo o delegado, fazer transferência bancária é uma das opções para evitar o roubo

A agência da CAIXA fica no North Way Shopping, em Paulista
"Saidinha de banco" tem preocupado os moradores de Caruaru, no agreste. (Reprodução/TV Jornal)

Os cuidados sempre são necessários para evitar assaltos após sacar dinheiro em caixas eletrônicos. Mas, mesmo assim, muitos acabam sendo vítimas desse tipo de crime conhecido como "saidinha de banco".

Em entrevista à TV Jornal Interior, um aposentado revelou que foi vítima de assalto após sacar dinheiro em uma agência bancária de Caruaru, no agreste de Pernambuco. O caso aconteceu em julho deste ano.

De acordo com a vítima, todo seu dinheiro foi roubado por dois suspeitos. "Agora tenho que ter mais cuidado e levar uma pessoa comigo para não ser assaltado. Eu iria pagar minhas contas, mas não paguei, ficou tudo atrasado. Entretanto, o importante é que não fizeram nada comigo, só roubaram o dinheiro e me devolveram a carteira", disse.

Segundo o delegado Alberes Costa, quem precisa retirar certa quantia, que vá as agências bancarias acompanhado de alguém, de preferência de um filho, parente ou alguém de sua confiança. "É importante também que, se for valores altos, que seja feita a transferência bancária. Utilize mais os cartões, evitando assim ter perca de seu patrimônio", comentou.

Ainda de acordo com ele, a vítima tem que ter cautelas para evitar ser alvo de atitudes criminosas. "Quando você desconfiar de alguém que esteja lhe seguindo ou não pare de lhe olhar, procure algum funcionário ou alguém da segurança do banco, e avise que estar sendo perseguido, para poder evitar essas consequências".

Confira na reportagem do 'Por Dentro' programa da TV Jornal Interior

Assaltos após sacar dinheiro em banco preocupa moradores em Caruaru

  • 04/10/2019 15:10
Os cuidados sempre são sempre necessários para evitar assaltos após sacar dinheiro em caixas eletrônicos. Mas, mesmo assim, muitos acabam sendo vítimas desse tipo de crime conhecido como "saidinha de banco". 3 minutos