menu

Petrolina adotará método inovador para reduzir casos de dengue e chikungunya

Será a primeira cidade do Nordeste a receber a iniciativa

A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti
Petrolina adotará método inovador para reduzir casos de dengue e chikungunya (Foto: Agência Brasil)

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, recebeu nessa quarta-feira (4) o líder do método Wolbachia no Brasil, Luciano Moreira, para discutir a implantação de um método inovador no combate aos casos de dengue, zika e chikungunya na cidade.

Esse método de controle das arboviroses foi desenvolvido na Austrália e já opera em 12 países e mais de 20 cidades. No Brasil, o método é implementado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e com o apoio do Ministério da Saúde e do Governo de Pernambuco, é a responsável por executar a ações.

Método já era implementado no Rio de Janeiro

No próximo semestre, Petrolina será a primeira cidade do Nordeste do país a receber a iniciativa. O método Wolbachia está implementado desde 2014 no Rio de Janeiro (RJ) e Niterói (RJ), e já existem dados preliminares que apontam a redução de 70% dos casos de chikungunya.

Antes das liberações de mosquitos com Wolbachia, serão realizadas ações de engajamento comunitário.

O prefeito da Cidade acredita que será um grande avanço para a saúde da população.

*Com informações da Rádio Jornal Petrolina