menu

Chuvas deixam desabrigados e prefeitura decreta estado de calamidade pública em Serra Talhada

Alguns moradores ficaram ilhados e precisaram ser resgatados pelo Corpo de Bombeiros

Vários bairros da cidade ficaram alagados
Vários bairros da cidade ficaram alagados (Serra Informática/Divulgação)

A Prefeitura de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, decretou estado de calamidade pública nesta quinta-feira (26) após as chuvas que atingiram a região nas últimas 24 horas. Alguns moradores ficaram desabrigados e ilhados.

Durante a madrugada de quinta-feira, a água chegou à Barragem do Jazigo e em seguida à zona urbana do município. A feira livre ficou inundada, assim como o centro comercial. Alguns comerciantes chegaram a ir às lojas para retirar a mercadoria e tentar minimizar os prejuízos.

Outras ruas e os bairros da cidade ficaram alagados, assim como as de outros municípios banhados pelo Rio Pajeú. De acordo com a Defesa Civil do município, o rio está baixando, mas o nível pode voltar a subir por causa das barragens do médio Pajeú, que continuam transbordando.

O Corpo de Bombeiros atua para resgatar moradores ilhados. Quatro viaturas e duas embarcações da corporação estiveram em vários locais da cidade para fazer a remoção das vítimas. Pelo menos 30 pessoas já foram retiradas e as operações continuam em andamento.

Desabrigados levados para escolas

De acordo com a prefeitura, ainda não foi possível contabilizar quantas famílias ficaram desabrigadas. Estas pessoas serão levadas para abrigos improvisados em escolas do município, que estão com aulas suspensas devido ao isolamento do novo coronavírus.