Fiscalização

Comerciante que abriu loja durante isolamento é levado para a delegacia em Caruaru

Dono de loja teria ameaçado servidora de Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 06/04/2020 às 11:49
NOTÍCIA
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

Uma equipe do Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19 flagrou uma loja não classificada como essencial aberta no centro de Caruaru, no Agreste pernambucano, no último final de semana. De acordo com o secretário de executivo de Ordem Pública, Dyego Veras, o dono do estabelecimento teria ameaçado uma servidora do grupo.

A Guarda Municipal foi acionada e conduziu o homem até a delegacia. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Plantão, onde foi autuado em flagrante por ameaça, desacato e Infração de medida sanitária preventiva. Ainda segundo o secretário executivo de Ordem Pública, o homem responderá o processo em liberdade mediante o pagamento de fiança.

Esse foi contabilizado como o terceiro caso de reincidência e condução à delegacia pelo Grupo de Fiscalização Integrada Covid-19. O grupo atua fiscalizando estabelecimentos na cidade. Se algum estabelecimento continuar funcionando durante o período em que foi ordenado o fechamento, o grupo aplicará medidas que variam de notificação preventiva, cassação do alvará, fechamento do estabelecimento e até mesmo prisão, que varia de detenção de um mês a um ano.

A população pode denunciar o funcionamento de casas de shows e bares, por meio do disque-denúncia: 3719–4545 (das 7h às 19h, de segunda a sexta), e também pelo WhatsApp 98256 - 4545 ou 98170-2525. Também é possível denunciar para a ouvidoria municipal através do número 156 (das 7h às 13h, de segunda a sexta) ou no WhatsApp: 98384-5936.

Coronavírus em PE

Mais Lidas