Covid-19

Fisioterapeuta grávida morre por coronavírus em Pernambuco; bebê está na UTI

Além dela, outras oito mortes pela doença foram confirmadas do domingo para a segunda

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 06/04/2020 às 15:13
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Uma fisioterapeuta de 33 anos, que morava no Recife, morreu nesse domingo (5) em um hospital privado da capital pernambucana devido ao novo coronavírus (covid-19). Ela teve o resultado confirmado para a doença no dia 1º de abril.

A paciente era mãe de gêmeas e estava grávida do terceiro filho. O parto cesariano foi realizado na madrugada do sábado (4), com 32 semanas (em torno de 8 meses). A criança sobreviveu e está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O resultado para a covid-19 ainda não foi informado.

O hospital informou ainda que está oferecendo todos os cuidados necessários ao bebê. "É com pesar que a Unimed Recife confirma o falecimento de uma gestante, vítima da Covid-19. No entanto, não está autorizada a repassar informações tanto da paciente quanto do bebê", diz a nota da unidade de saúde.

A gestante estava internada com quadro de tosse e febre desde o início da semana. Na última quinta-feira (2), ela foi levada para a UTI e precisou ser entubada, mas não resistiu.

Bebê precisa de leite

Após perder a mãe, o bebê está precisando de doação de leite materno. Quem quiser doar, pode procurar o banco do leite do Hospital Geral Materno Infantil, que fica na Praça Chora Menino, no bairro da Ilha do Leite, na área central do Recife.

Número de casos e mortes subiu

O número de casos confirmados do novo coronavírus em Pernambuco subiu para 223, de acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira (6) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Foram confirmados mais 22 casos da doença e mais 9 mortes, totalizando 30 mortes pelo vírus no estado. Também foi divulgado que 25 pacientes estão recuperados.

Mais nove mortes foram confirmados laboratorialmente, totalizando 30 mortes pela doença no estado. Das mortes confirmadas, sete são do sexo feminino e duas do sexo masculino. Entre os mortos estão um adolescente de 15 anos e uma grávida. A Secretaria de Saúde informou também que os óbitos ocorreram entre os dias 27 de março e 5 de abril.

Mais Lidas