menu

Secretário de Educação diz que não há previsão para retomar as aulas em Pernambuco

Aulas de escolas e faculdades estão suspensas por causa do coronavírus

Férias das escolas privadas de Pernambuco são antecipadas para abril
Secretário de Educação diz que não há previsão para retomar as aulas em Pernambuco (BOBBY FABISAK/JC IMAGEM)

Ainda não há uma previsão sobre a data de volta às aulas presenciais de escolas e faculdades da rede pública e privada de Pernambuco. As atividades estão suspensas desde 18 de março por conta do novo coronavírus. A Secretaria Estadual de Educação informou que é falso um card que circula nas redes sociais, o qual afirma que a perspectiva é de manter o fechamento das unidades de ensino por três meses.

O card diz que as informações são do secretário de Educação de Pernambuco, Frederico Amancio, que teria participado de uma live. Mas o secretário explica que isso não aconteceu. "Não participei de nenhuma live. E não temos como prever quando as aulas voltarão em Pernambuco, se em maio, junho ou qualquer outro mês. Porque o cenário da pandemia muda a cada a dia. Voltar as aulas não depende de uma vontade política, mas da segurança de quando será possível o retorno das atividades sem que haja risco para alunos e professores", conta Frederico Amancio.

No primeiro decreto de suspensão das aulas, de 14 de março, o governo não definiu um prazo. No decreto de 3 de abril, o mais recente, o governo manteve a suspensão das aulas, mas afirmou que a medida vale até o dia 30 de abril e será feita uma nova avaliação.

“Oficialmente, em Pernambuco, as aulas estão suspensas até o dia 30 de abril, mas no final do mês vai ser feita uma nova avaliação do cenário e aí o governador decidirá pela retomada das aulas ou continuidade da suspensão”, explicou o secretário.

Coronavírus em Pernambuco