Saúde

Higiene bucal pode ajudar a prevenir complicações do coronavírus

Boa limpeza contribui para evitar problemas pulmonares

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 22/04/2020 às 13:28
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

A higiene bucal deve ser intensificada diante do cenário de pandemia do novo coronavírus (covid-19). De acordo com especialistas, a boca é uma das principais portas de entrada do vírus e manter a saúde bucal pode prevenir doenças de uma forma geral, além do agravamento da covid-19.

Para o professor Vinícius Pedrazzi, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp), da Universidade de São Paulo (USP), fazer a higiene das mãos é o passo inicial para a higiene da boca. "Como as mãos vão ser imprescindíveis para o uso do fio dental, do higienizador da língua e da escova de dentes, é importante que estejam bem limpas, para que a gente possa levá-las até a cavidade bucal", explica.

Se a limpeza da boca não for feita de forma correta, o estado de saúde de um paciente que contraiu a covid-19 pode se agravar. Uma boa higienização da boca, de acordo com o professor, pode evitar problemas pulmonares, que tornam a doença ainda mais perigosa.

"É muito importante que nós façamos a higienização correta da língua e de todos os dentes, mas com cuidado muito especial para os molares, aqueles mais próximos da faringe, para evitar a pneumonia por aspiração. Então, para prevenir quem está com coronavírus, e mesmo quem não tenha a doença, do agravamento de infecções pulmonares, é imprescindível a higienização bucal correta", detalha.

Troca da escova

Também é preciso fazer a troca da escova dental de forma regular. Uma pessoa que está se recuperando da infecção pela covid-19 ou outros vírus pode acabar tendo uma recontaminação através da escova. É preciso ainda usar diariamente o fio dental e o enxaguante bucal. Outra dica é manter a escova e os higienizador de língua limpos, mantendo em solução desinfetante (água + enxaguante bucal), também para evitar reinfecção.

*Com informações da Agência Brasil

Mais Lidas