menu

Central coloca Lacerdão à disposição para servir de hospital de campanha em Caruaru

Estádio fica na área central da cidade

O Luiz Lacerda (Lacerdão) correu o risco de realizar a partida com os portões fechados por motivo de segurança
Estádio Luiz José de Lacerda, Lacerdão (Reprodução/Rádio Jornal)

O Central Sport Club colocou o Estádio Luiz José de Lacerda, conhecido como Lacerdão, à disposição da Prefeitura de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para servir de hospital de campanha durante o combate ao novo coronavírus. O estádio fica no bairro Maurício de Nassau, na área central da cidade.

De acordo com o presidente do clube, Alexandre César Leite, o Central tem vocação social desde o surgimento e disponibilizou as estruturas para as autoridades de saúde do município. Segundo ele, o estádio conseguiria abrigar em torno de 500 pessoas.

"Fora o gramado, temos uma área de 1,5 mil metros disponível para que o município possa usar da forma que convier", detalhou. O presidente do Central disse ainda que apresentou as informações do projeto para a prefeitura.

O hospital seguiria o exemplo de estádios como o Pacaembu, em São Paulo, e o Maracanã, no Rio de Janeiro, que já atendem contaminados pelo novo coronavírus.

Ouça entrevista com o presidente do clube na Rádio Jornal Caruaru:

Casos de coronavírus em Caruaru

De acordo com balanço divulgado na noite dessa terça-feira (28), Caruaru tinha 45 casos confirmados da covid-19, com três óbitos. Além disto, há 125 casos em investigação e 150 foram descartados.

UPA Respiratória

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Boa Vista, foi transformada em uma "UPA Respiratória" para atender casos suspeitos do novo coronavírus na cidade. O horário de funcionamento será 24h e a unidade será o serviço de referência no município para atender pessoas com problemas respiratórios e síndromes gripais graves.

As consultas clínicas antes realizadas nesta UPA serão deslocadas para o Centro de Saúde da Boa Vista, que fica a 650 metros do local e foi transformado em uma Upinha. A unidade irá funcionar em horário estendido, das 7h às 23h, de segunda a sexta-feira.

Quem precisar de atendimento de urgência pode procurar as UPAs do Salgado, Rendeiras e Vassoural. Os atendimentos de clínica médica e pediatria também deverão ser feitos nestas unidades.

Hospital de campanha

O Hospital Municipal Manoel Afonso foi transformado em um hospital de campanha para atendimento exclusivo da covid-19. A unidade tem 73 leitos, que devem ser ampliados para 85. A prefeitura já está com 11 ventiladores pulmonares para auxiliar na estabilização de pacientes graves do coronavírus.