Saúde

Caruaru ainda não cumpriu meta de vacinação contra gripe

Crianças até cinco anos, gestantes e puérperas precisam ser imunizadas

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 28/05/2020 às 14:58
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Faltando uma semana para o término da Campanha de Vacinação contra a Gripe, a cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, ainda não conseguiu cumprir a meta de imunização dos grupos prioritários. Até a quarta-feira (27), 68.307 doses da vacina tinham sido aplicadas, o que corresponde a 80,25%. A meta do Ministério da Saúde é atingir 90% do público-alvo até o dia 5 de junho.

Os grupos prioritários que ainda não alcançaram a meta foram as crianças de seis meses a cinco anos, as gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz recentemente). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, para que a meta seja cumprida faltam receber a vacina 13.831 crianças, 2.225 gestantes e 320 puérperas.

A campanha começou no dia 23 de março e atendeu idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde; profissionais de segurança e salvamento; doentes crônicos; caminhoneiros; motoristas de transporte coletivo e portuários; crianças de seis meses a cinco anos de idade; pessoas com deficiência; gestantes e puérperas de até 45 dias; adultos de 55 a 59 anos e os professores das escolas públicas e particulares.

"Nós ainda não chegamos no pico da Influenza, a gente ainda está entrando no inverno e já têm 279 casos confirmados de Influenza em Pernambuco, então nós precisamos ter cuidado. Destes, 50 são de H1N1", explicou a coordenadora do Programa Nacional de Imunização, Sarah Rafael.

A vacina é aplicada nas 73 unidades de saúde da família da cidade, que funcionam de segunda a sexta, das 7h30 às 16h30. É possível ainda se vacinar à noite, das 17h às 19h, diariamente nos postos de saúde da família: Vassoural I, II e III, São João da Escócia I, III e IV, Unidade escola Dr. Vieira e Santa Rosa II, III e IV. O PSF Nova Caruaru e o PSF Sinhazinha atendem neste horário nas segundas e quartas; o PSF Rendeiras nas terças e quintas; e o PSF Maria Auxiliadora, nas quartas-feiras.

Confira os documentos necessários:

- Crianças de 6 meses a 5 anos – cartão de vacina;
- Professores de escolas públicas e particulares – crachá ou contracheque;
- Gestantes – cartão do pré-natal;
- Puérperas até 45 dias pós parto – certidão de nascimento da criança;
- Adultos maiores de 55 anos de idade – documento de identificação com foto;
- Pessoas com deficiência - laudo médico para as deficiências não visíveis.

Mais Lidas