Economia

Quem recebeu auxílio emergencial pode ter que devolver em 2021

Veja se você terá que devolver o dinheiro

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 28/05/2020 às 7:40
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Quem recebeu o auxílio emergencial, benefício que está sendo pago aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa por causa da pandemia do novo coronavírus, pode ter que devolver o dinheiro em 2021.

> Caixa permitirá pagamentos através de QR Code no aplicativo Caixa Tem

> O que fazer se auxílio emergencial for negado? Veja passo a passo

> Governo avalia se pagará mais uma parcela de R$ 600 do auxílio emergencial

A medida é válida para quem tem renda tributável acima de R$ 28.559,70 em 2020. A devolução do dinheiro pode ocorrer por causa de uma mudança feita pelo Senado e sancionada por Jair Bolsonaro. De acordo com a mudança, quem receber em 2020 mais que o limite de isenção do Imposto de Renda (IR) terá que devolver integralmente em 2021 o auxílio que recebeu. As parcelas do auxílio não entram no cálculo da renda anual.

*Informações da Agência Brasil e JC

Lista de quem recebeu auxílio será divulgada

O governo federal deve disponibilizar, nos próximos 15 dias, a lista de beneficiários do programa de auxílio emergencial de R$ 600. A informação foi dada nessa terça-feira (26) pelo ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Wagner Rosário

"O ponto de destaque é que em 12 a 15 dias vamos estar colocando em transparência toda a base do recebimento do auxílio emergencial, com todas as pessoas que vem recebendo, para que o cidadão possa ele mesmo fiscalizar esses cerca de 53 milhões de pessoas que estão cadastradas com recebimento do auxílio emergencial", disse o ministro.

Mais Lidas