Pandemia

Petrolina reabre comércio, parques e shopping a partir desta segunda

Município inicia a retomada das atividades econômicas

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 01/06/2020 às 9:59
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura de Petrolina
FOTO: Divulgação/Prefeitura de Petrolina
Leitura:

A Prefeitura de Petrolina, no Sertão pernambucano, anunciou no dia 28 de maio que iniciaria a retomada das atividades econômicas na cidade. Em um pronunciamento nas redes sociais, na última sexta-feira (29), o prefeito Miguel Coelho anunciou todas as fases do processo.

A partir desta segunda-feira (1º) estão autorizadas atividades e serviços com 50% da capacidade. Fazem parte desse grupo o comércio, shopping, serviços públicos, parques públicos e templos religiosos. Além disso, os ônibus serão liberado em 75% de ocupação. Agricultura, indústria, mototáxis, táxis, transporte por aplicativo e serviços essenciais podem funcionar na capacidade total. Demais atividades continuam sem funcionar.

Em 15 de junho, está prevista a abertura de bares e restaurantes em 50%. A capacidade do comércio, shopping, serviços públicos, e templos religiosos poderá ser estendida a 75% a partir desta data.

No dia 1° de julho, serão liberados a funcionar com metade da ocupação as academias, cinemas, museus, bibliotecas, teatros, clubes sociais, ilhas e centros de artesanato.

No dia 3 de agosto deve ser realizada uma nova avaliação para determinar a ampliação da capacidade dos estabelecimentos. A última etapa de liberação está prevista para 31 de agosto, quando a gestão avaliará novamente a liberação para todas as atividades, exceto eventos, festas, que devem permanecer sem autorização por tempo indeterminado.

Os estabelecimentos que tiverem funcionamento autorizado terão que manter medidas de prevenção. Algumas exigências: uso obrigatório de máscaras de proteção, distanciamento de dois metros entre as pessoas, testagem de funcionários, afastamento dos colaboradores com sintomas de coronavírus e aferição de temperatura.

"Apesar de todo o cuidado, a prevenção, os investimentos na saúde, o vírus não passou totalmente em Petrolina nem em lugar nenhum. Será preciso um sentimento de responsabilidade coletiva para não regredirmos. Para avançar, todos terão que colaborar, não queremos retroceder nessas etapas, fechar o comércio de novo. Então, peço a comerciantes, empresários, enfim, toda a população para manterem o rigor nos cuidados, usar proteção e evitar ao máximo sair de casa. Poderemos superar juntos tudo isso, mas é necessário comprometimento coletivo", explica o prefeito Miguel Coelho.

A fiscalização das determinações municipais será em caráter educativo até 7 de junho. Depois, pode ocorrer a suspensão e cassação de alvarás, além de outras punições.

Veja a movimentação no centro da cidade:

Vídeo por: Thaise Rocha

Coronavírus em Petrolina

Até esse domingo (31), Petrolina está com 253 casos confirmados de coronavírus, com 97 curas clínicas e oito óbitos. O boletim com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) não apresentou alterações. São 66 casos em investigação. Confirmados somam nove casos, além de um óbito.

Coronavírus em Pernambuco

Mais Lidas