Saúde

Governo federal autoriza reajuste de até 5,2% no preço de medicamentos

Reajuste foi adiado por 60 dias este ano

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 02/06/2020 às 11:40
NOTÍCIA
Marcello Casal jr/Agência Brasil
FOTO: Marcello Casal jr/Agência Brasil
Leitura:

O governo federal autorizou nesse segunda-feira (1º) um reajuste de até 5,21% no preço de medicamentos. O aval foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União, em decisão da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

"As empresas produtoras de medicamentos poderão ajustar os preços de seus medicamentos em 31 de maio de 2020, nos termos desta resolução", afirma o ato. Esse reajuste costuma ser definido nos meses de março, valendo a partir de 1º de abril. Porém, em 2020, o governo e indústria farmacêutica decidiram adiar o reajuste por 60 dias.

Segundo a resolução da CMED publicada no Diário Oficial, o reajuste máximo permitido para 2020 será aplicado em três faixas, de 5,21%, 4,22% e 3,23%, de acordo com o tipo do medicamento.

O aumento autorizado este ano é maior que o do ano passado, que foi de 4,33%.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Mais Lidas