Caixa

Calendário da terceira parcela do auxílio emergencial deve sair nesta segunda

Cronograma deverá ser semelhante ao da segunda parcela

Ana Maria Miranda e Agência Brasil
Ana Maria Miranda e Agência Brasil
Publicado em 08/06/2020 às 13:09
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

A Caixa Econômica Federal (CEF) deve divulgar nesta segunda-feira (8) o calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial. Os técnicos do Ministério da Cidadania afirmam que o cronograma será semelhante ao da segunda parcela, com a separação de datas entre os beneficiários, para não provocar aglomerações nas agências bancárias.

Mais de 58 milhões de pessoas estão inscritas no programa para receber o auxílio de R$ 600, que deverá ser estendido por mais dois meses, em um valor menor. O dinheiro visa reduzir os efeitos do novo coronavírus nas camadas mais necessitadas.

Segunda parcela de auxílio emergencial é liberada para nascidos em agosto

Governo decide pagar mais duas parcelas do auxílio emergencial; valor será menor

No próximo sábado (13), a Caixa encerra o calendário de liberação de saques e transferências da segunda parcela do auxílio. Todos os beneficiários do Bolsa Família elegíveis para o auxílio emergencial já receberam o crédito da segunda parcela.

A liberação do saque e a transferência da poupança social da Caixa para outros bancos estão sendo feitas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Os recursos estão sendo transferidos automaticamente para as contas indicadas.

A transferência dos valores será feita para quem indicou contas para recebimento em outros bancos ou poupança existente na Caixa. Com isso, esses beneficiários poderão procurar as instituições financeiras com quem têm relacionamento, caso queiram sacar.

Segundo a Caixa, mais de 50 bancos participam da operação de pagamento do auxílio emergencial.

Primeira parcela

Cerca de 200 mil novos beneficiários receberam, no último sábado (6), a primeira parcela do auxílio emergencial. A Caixa fez o pagamento após a Dataprev analisar novo lote de 1,4 milhão de pedidos e liberá-lo na última sexta-feira (5). O valor já está disponível para saque, movimentação pelo aplicativo Caixa Tem ou pelos canais digitais daqueles que indicaram contas de outros bancos.

Duas parcelas extra

O Governo Federal irá pagar mais duas parcelas do auxílio emergencial, além das três que já estavam garantidas desde a criação da renda emergencial. A informação é do jornal O Globo. De acordo com a publicação, as parcelas, entretanto, terão o valor reduzido pela metade, ou seja, os beneficiários receberão R$ 300. As duas parcelas extras custarão R$ 51 bilhões.

Mais Lidas