menu

Governo de Pernambuco monitora situação dos municípios atingidos pelas chuvas

Barragem localizada em Sairé rompeu nessa segunda-feira e deixou pessoas desabrigadas

Rompimento de barragem de Sairé deixa desalojados em Barra de Guabiraba
Rompimento de barragem de Sairé deixa desalojados em Barra de Guabiraba (Reprodução/TV Jornal Interior)

O Governo de Pernambuco está monitorando a situação dos municípios do interior do estado que foram atingidos pelas chuvas. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), o maior volume de chuva nas últimas 24 horas foram registrados na Zona da Mata Sul, em Xexéu (106,20 milímetros), São José da Coroa Grande (88,60 milímetros), Barreiros (70,71 milímetros) e Palmares (70 milímetros). No Agreste do estado, o maior volume foi registrado em Bonito (com 79,80 milímetros).

Equipes da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Apac, Compesa e DER estão nas ações de acompanhamento das ocorrências.

Uma barragem localizada próximo ao Sítio Estivas, na zona rural de Sairé, Agreste, rompeu na tarde dessa segunda-feira (15). A barragem, que se encheu após chuvas, tem cerca de oito metros de altura, 120 metros de comprimento e capacidade para acumular 350 mil metros cúbicos de água. Não houve feridos ou desaparecidos.

O governo estadual recomenda que a população continue seguindo as orientações da Defesa Civil do município. Segundo a APAC, a noite a noite dessa segunda, Sairé registrou o acumulado de 112 milímetros de chuvas em 48 horas, que corresponde a 100% do volume total para junho.

De acordo com as Defesas Civis das regiões afetadas pelas chuvas e enchentes do rio Sirinhaém e rio Jacuípe, sete pessoas ficaram desabrigadas em Gameleira, 1.200 pessoas desalojadas em Barra de Guabiraba, 800 pessoas desalojadas em Barreiros e sete pessoas desalojadas em São José da Coroa Grande. Além disso, mais de 100 residências na Vila Santa Terezinha, distrito de Água Preta, foram afetadas.

A Defesa Civil estadual está na região para ajudar na coordenação dos esforços municipais para a atenção humanitária às famílias e avaliar a necessidade de fornecer meios para apoiar as famílias.

A Defesa Civil Estadual informou também que está em alerta pelos telefones 199 e 3181-2490.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) está fazendo o monitoramento das rodovias estaduais e trechos das vias federais por causa das chuvas. O departamento pede que os motoristas fiquem mais atentos nas PE’s 042, 045, 064, 073, 085, 096, 099 e 126. Nessas áreas, há uma maior quantidade de pontos de acúmulos residuais.

Previsão do tempo

Nesta terça-feira (16), o tempo deve ficar nublado a parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada durante a tarde e noite com intensidade fraca no Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana.