Economia

Saiba como devolver o auxílio emergencial recebido indevidamente

Segundo o Ministério da Defesa, quem não devolver os recursos terá os valores descontados dos contracheques

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 16/06/2020 às 13:15
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr./ABr
FOTO: Marcello Casal Jr./ABr
Leitura:

39.517 pessoas que não tinham direito ao auxílio emergencial devolveram o dinheiro para os cofres públicos, de acordo com o Ministério da Cidadania. As devoluções foram feitas até a última sexta-feira (12), através do portal.

Segundo a pasta, já foram recuperados R$ 29,65 milhões que foram pagos indevidamente. O site para devolver o dinheiro foi lançado no dia 18 de maio, depois que o Ministério da Defesa disse que militares haviam recebido o auxílio indevidamente.

De acordo com o Ministério da Defesa, quem não devolver os recursos terá os valores descontados dos contracheques.

Um relatório preliminar do Tribunal de Contas da União (TCU) identificou risco de que 8,1 milhões de pessoas tenham recebido indevidamente o auxílio de R$ 600.

Como devolver o auxílio

Você pode devolver o dinheiro através do site. Para isso, deve informar o número do CPF. Será gerada uma guia com o valor integral recebido. É necessário selecionar a opção de pagamento.

Se a opção escolhida for o pagamento no Banco do Brasil, é só selecionar a opção “Não sou um robô” e clicar em “Emitir GRU”.
Se você optar por pagar em outro banco, é preciso informar o endereço, de acordo com as informações pedidas após selecionar “em qualquer banco”, marcar a opção “Não sou um robô” e clicar em “Emitir GRU”.

É possível fazer o pagamento em internet banking, caixa eletrônico e guichê de caixa.

4,9 milhões recebem primeira parcela a partir desta terça

Nesta terça-feira (16), 4,9 milhões de beneficiários começam a receber a primeira parcela do auxílio emergencial. A Caixa Econômica Federal irá creditar nesta terça e quarta-feira (17) a primeira parcela do auxílio para os novos aprovados.

Os beneficiários que nasceram em janeiro a junho vão poder movimentar o dinheiro digitalmente, nessa primeira etapa, utilizando o aplicativo Caixa Tem nesta terça. Quem nasceu de julho a dezembro poderá movimentar o benefício a partir desta quarta (17).

Bolsa Família já tem calendário da terceira parcela do auxílio

Os beneficiários do programa Bolsa Família começarão a receber a terceira parcela do auxílio emergencial nesta quarta-feira (17). O pagamento obedece ao calendário do programa e segue até o dia 30 de junho.

Mais Lidas