menu

Trabalhadores têm até 2 de julho para se cadastrar no auxílio emergencial

Quem solicitar até essa data, receberá as três parcelas de R$ 600

Site e aplicativo do auxílio emergencial foram disponibilizados
Site e aplicativo do auxílio emergencial foram disponibilizados (Reprodução/NE10 Interior)

Os trabalhadores têm até o dia 2 de julho para realizar o cadastro no auxílio emergencial. Quem solicitar até essa data, receberá as três parcelas de R$ 600. Veja como baixar o aplicativo do auxílio para receber R$ 600 do governo. As agências dos Correios também são uma opção para quem deseja fazer o cadastro para receber o benefício.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, mais de 64,1 milhões de pessoas já receberam o benefício. O auxílio está sendo pago aos aos desempregados, trabalhadores sem carteira assinada, autônomos, MEIs por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

Nesta quinta-feira (25), os beneficiários do programa Bolsa Família com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 7 recebem a terceira parcela. O calendário da 3ª parcela do auxílio emergencial do Bolsa Família começou no dia 17 de junho e vai até 30 de junho. As datas do pagamento do auxílio emergencial são diferentes para pessoas que já eram inscritas no Bolsa Família.

Os demais beneficiários do auxílio emergencial que não fazem parte do Bolsa Família ainda esperam o calendário da terceira parcela. O Ministério da Cidadania informou que o cronograma será divulgado nesta semana. Porém, a data ainda não foi definida. O calendário deve seguir o formato da segunda parcela, ou seja, os beneficiários receberão de acordo com o mês de aniversário.

Beneficiários poderão ter parcela do auxílio cortada

O Ministério da Cidadania anunciou que os beneficiários do auxílio emergencial terão que passar por uma nova análise a cada novo pagamento. Serão consideradas as novas informações sobre o beneficiário inseridas na base de dados. Portanto, receber a primeira parcela do auxílio não será garantia de receber as próximas parcelas.