Água

Barragem de Jucazinho deve voltar a abastecer Caruaru

Readequação está sendo realizada no sistema que transporta a água

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 01/07/2020 às 14:57
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

A Barragem de Jucazinho, localizada em Surubim, no Agreste de Pernambuco, deverá voltar a abastecer a cidade de Caruaru. Com as chuvas dos últimos meses, o manancial acumulou quase 40% da capacidade total. Entretanto, como o sistema que leva água para Caruaru está parado desde 2015, é necessário realizar algumas adequações na estrutura.

"É um sistema muito grande, são conjuntos robustos, que precisam de uma manutenção. A gente tem a manutenção preventiva com os conjuntos parados, mas nada é como a gente botar água de novo, fazê-lo funcionar com as redes de novo. Às vezes tem estouramento, a gente tem que acompanhar diariamente. É um serviço bem complexo", afirmou o diretor regional do Interior da Compesa, Mário Heitor, em entrevista à Rádio Jornal Caruaru.

Diminuição do rodízio

Com o retorno do abastecimento de Caruaru por Jucazinho, a expectativa é de que o rodízio diminua, ou seja, que os moradores passem menos tempo sem água nas torneiras. As cidades de Bezerros e Gravatá também devem ser beneficiadas.

No fim de março, Caruaru já teve o rodízio reduzido, saindo de cinco dias com água e 15 sem para 5 com água e 10 sem. A diminuição foi possível porque o Sistema Prata-Pirangi não compartilhará mais água com Santa Cruz do Capibaribe, que voltou a ser abastecida exclusivamente pelo Sistema Tabocas.

Atualmente, 11 cidades são atendidas pelo Sistema Jucazinho: Toritama, Frei Miguelinho, Vertentes, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Passira, Cumaru, Riacho das Almas, Surubim, Casinhas e Salgadinho. Estas 11 cidades tiveram redução do rodízio com a recuperação de Jucazinho.

Mais Lidas