Investigação

Polícia investiga Prefeitura de Tamandaré por causa de supostos funcionários fantasmas

Prefeito Sérgio Hacker está sendo investigado

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 03/07/2020 às 13:01
NOTÍCIA
Reprodução/Facebook
FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco está investigando a Prefeitura de Tamandaré, no Litoral Sul pernambucano, por causa da denúncia de que há servidores da prefeitura que são funcionários fantasmas. O prefeito Sérgio Hacker está sendo investigado.

Se comprovadas as irregularidades, os investigados podem ser indiciados por crimes como peculato (desvio de verba pública). O Ministério Público de Pernambuco determinou o bloqueio parcial dos bens do gestor.

A denúncia foi feita após a descoberta de que a mãe e a avó de Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, constavam como funcionárias da prefeitura, mas trabalhavam como empregadas domésticas na casa do prefeito.

A Ronda JC teve acesso a um dos depoimentos prestados pela mãe e avó de Miguel. Mirtes revelou que o esquema de contratação de servidores como funcionários fantasmas começou na gestão anterior da prefeitura. A mãe e avó do menino de cinco anos contaram que nunca foram para a prefeitura.

Polícia diz que detalhes não serão divulgados

A assessoria da Polícia Civil de Pernambuco, informou por meio de nota, que "não divulgará nomes de investigados ou testemunhas, bem como o andamento das investigações antes de sua conclusão.Todas as denúncias serão devidamente apuradas e, quando da finalização das investigações, a Polícia Civil divulgará as informações pertinentes".

*Informações da Ronda JC

Mais Lidas