Economia

Veja quando começa pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial para o Bolsa Família

Confira o calendário

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 14/07/2020 às 9:00
NOTÍCIA
Marcelo Camargo/ABr
FOTO: Marcelo Camargo/ABr
Leitura:

Os beneficiários do programa Bolsa Família começam a receber o pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial no dia 20 de julho. O pagamento é feito de acordo com o Número de Identificação Social (NIS).

Quem tiver o NIS finalizado em 1 começa a receber no dia 20 de julho. As pessoas cujo NIS termina em 2 podem sacar o dinheiro no dia 21 de julho. O calendário continua na ordem do final do NIS, até o 0, pulando apenas o fim de semana. O pagamento vai até 31 de julho.

Não haverá alteração no calendário do Bolsa Família, nem nos valores. Os beneficiários deste grupo recebem o valor que for mais vantajoso.

> O que significa a mensagem "arquivo financeiro fechado para pagamento Bolsa Família"? Veja

> Saiba quais são as datas dos próximos saques do auxílio emergencial

> Não elegível? Veja o que fazer se tiver auxílio emergencial negado

> Saiba como sacar auxílio emergencial sem cartão

Confira o calendário:

NIS final 1: 20 de Julho
NIS final 2: 21 de Julho
NIS final 3: 22 de Julho
NIS final 4: 23 de Julho
NIS final 5: 24 de Julho
NIS final 6: 27 de Julho
NIS final 7: 28 de Julho
NIS final 8: 29 de Julho
NIS final 9: 30 de Julho
NIS final 0: 31 de Julho

Caixa libera mais um saque do auxílio nesta terça

Mais saques e transferências do auxílio emergencial estão sendo liberados nesta terça-feira (14) pela Caixa Econômica Federal. Desta vez, os nascidos de outubro, novembro e dezembro aprovados no terceiro lote poderão sacar a primeira parcela.

Pagamento da quarta parcela pode ser suspenso para alguns

Alguns beneficiários poderão ter o pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial suspenso. No final de junho, o Ministério da Cidadania anunciou que os beneficiários do terão que passar por uma nova análise a cada novo pagamento. Para isso, serão consideradas as novas informações inseridas na base de dados para verificar se o beneficiário ainda faz parte dos requisitos e se ele pode continuar recebendo o dinheiro. Saiba se você terá a parcela cortada.

Mais Lidas