Energia elétrica

Aneel suspende corte de energia nas casas de famílias de baixa renda até fim do ano

Suspensão no corte foi definida por causa da pandemia

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 22/07/2020 às 9:35
NOTÍCIA
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
FOTO: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Leitura:

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) suspendeu, nessa terça-feira (21), o corte de energia das casas das famílias carentes até o fim de 2020. A suspensão no corte foi definida por causa da pandemia e era válida até o final de julho.

Essa suspensão de corte só é válida para clientes de baixa renda, que são beneficiados pela Tarifa Social de Energia Elétrica. Para as outras casas e imóveis comerciais, o prazo continua até o dia 31 de julho.

A regra também vale para os clientes que não estejam recebendo a fatura impressa, que residam em locais onde não há posto de arrecadação e clientes que têm equipamentos essenciais à vida.

> Saiba como pagar conta da Celpe usando o Cartão Virtual do auxílio emergencial

> Veja como transferir a titularidade da conta da Celpe

> Como emitir 2ª via de conta da Celpe? Confira passo a passo

Celpe voltou a cobrar tarifa de energia para clientes de baixa renda

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) vai voltar a cobrar a Tarifa Social de Energia Elétrica aos consumidores de baixa renda a partir de julho. Em abril, maio e junho, uma Medida Provisória isentava os clientes dessa tarifa por causa da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, com o fim da isenção voltarão a valer as regras: para a parcela do consumo de energia elétrica inferior ou igual a 30 kWh/mês, o desconto será de 65%; para a parcela do consumo compreendida entre 31 kWh/mês e 100 kWh/mês, o desconto será de 40%; para a parcela do consumo compreendida entre 101 kWh/mês e 220 kWh/mês, o desconto será de 10%. Se o consumo for maior que 220 kWh/mês, não há nenhum tipo de desconto.

Mais Lidas