Economia

Projeto de lei quer permitir que moradores de rua possam pedir auxílio emergencial até setembro

Projeto considera que pessoas que moram na rua têm mais dificuldades para solicitar benefício

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 29/07/2020 às 9:19
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Um projeto apresentado à Câmara de Deputados busca permitir que pessoas sem-teto possam solicitar o auxílio emergencial até 30 de setembro. O projeto é um complemento à Lei que permite o recebimento do benefício para trabalhadores informais, desempregados, autônomos e microempreendedores individuais.

Esse projeto de lei tramita na Câmara e foi apresentado pelos deputados Maria do Rosário (PT-RS), Erika Kokay (PT-DF), Nilto Tatto (PT-SP), Helder Salomão (PT-ES), Paulo Teixeira (PT-SP), Natália Bonavides (PT-RN), Paulão (PT-AL), Glauber Braga (Psol-RJ) e Erika Kokay (PT-DF).

De acordo com a Agência Câmara, o projeto considera que as pessoas que moram na rua têm mais dificuldades para solicitar o benefício. O projeto também prevê que o poder público procure os moradores de rua para cadastrá-los no auxílio.

> Auxílio emergencial: contestação negada, o que fazer? Confira

> Veja datas do novo calendário de saques do auxílio emergencial

Auxílio está sendo pago nesta quarta

A Caixa Econômica Federal está realizando nesta quarta-feira (29) mais pagamentos do auxílio emergencial. Receberão a a 1ª, a 2ª, a 3ª e a 4ª parcela do auxílio os beneficiários do quinto, quarto, terceiro, segundo, primeiro lote e inscritos no CadÚnico, nascidos em março. Além disso, os beneficiários do programa Bolsa Família recebem a 4ª parcela do auxílio emergencial. Saiba quem recebe o benefício nesta quarta.

Mais Lidas