Saúde

Ceará registra 41 casos, com duas mortes, de síndrome pediátrica rara associada à covid-19

Síndrome atinge crianças que foram infectadas pelo novo coronavírus

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 13/08/2020 às 16:08
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

O estado do Ceará registra 41 casos da síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica, que pode estar associada à infecção pela covid-19. De acordo com informações do jornal O Povo, a Secretaria de Saúde do Ceará informou que até julho duas destas crianças morreram.

Os pacientes são de Fortaleza e outros 12 municípios da região metropolitana e interior. Na capital, foram 28 casos notificados. Houve ainda registros em Caucaia (2), Aracoiaba (1), Barreira (1), Eusébio (1), Guaiuba (1), Itapajé (1), Maranguape (1), Paracuru (1), Pindoretama (1), Quixadá (1), Quixeramobim (1) e Umirim (1). Os atendimentos aconteceram nos hospitais Albert Sabin, Monte Klinikum e Luís de França.

Entre os sintomas da síndrome estão febre persistente acompanhada de um conjunto de manifestações, como pressão baixa, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, dor abdominal, náuseas, vômitos e comprometimento respiratório, entre outros sinais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia emitido um alerta mundial aos pediatras relatando a identificação de uma nova condição clínica, possivelmente associada à covid-19, caracterizada pela síndrome inflamatória multissistêmica, com manifestações clínicas similares à síndrome de Kawasaki típica, Kawasaki incompleta e/ou síndrome do choque tóxico.

Monitoramento

O Ministério da Saúde implantou a notificação desses casos nos sistemas de monitoramento no início deste mês, e conversa com as secretarias de Saúde dos estados e municípios para orientar o diagnóstico e atendimento de possíveis casos por profissionais de saúde através da identificação dos sinais e sintomas mais comuns.

Pelos dados obtidos pelo ministério, até julho, quatro Estados registraram casos: 29 no Ceará, 22 no Rio de Janeiro, 18 no Pará e 2 no Piauí, além de três mortes no Rio de Janeiro. Além dos casos a mais divulgados pela secretaria do Ceará, a Secretaria de Saúde de Pernambuco também informou que dois casos foram registrados no estado.

Mais Lidas