menu

Rússia: primeiro lote de vacinas da covid-19 deverá ser entregue em setembro

Testes da fase 3 da imunização devem começar esta semana

Síndrome rara estaria associada à infecção pelo coronavírus
Testes da fase 3 da vacina contra covid-19 irão começar na Rússia (Pixabay)

O ministro da Saúde da Rússia, Mikhail Murashko, disse nesta segunda-feira (31) que o primeiro lote da vacina contra o novo coronavírus está previsto para ser entregue em setembro.

Intitulada "Sputnik V", a vacina foi aprovada pelo país neste mês. Os testes da fase 3 da imunização deverão começar nesta semana. Cerca de 40 mil voluntários irão participar da fase que verifica a eficácia e a segurança da vacina.

Dos envolvidos nos testes, 30 mil devem receber a vacina e 10 mil um placebo. O governo russo informou que os testes devem ser feitos em profissionais de saúde e professores. Pelo menos 2,5 mil pessoas foram recrutadas para os testes.

Outros cinco países também devem participar dos testes. A Rússia informou que pelo menos 20 países solicitaram mais de 1 bilhão de doses da vacina.

Vacinação em massa

A vacinação em massa está prevista para começar no mês de outubro. Já a circulação civil está prevista para começar em 1º de janeiro de 2021.

O diretor do Instituto Gamaleya, Alexander Gintsburg, que desenvolve a vacina, informou que os ensaios clínicos serão publicados assim que forem analisados pelos especialistas russos. Ele afirmou ainda que o país planeja ter capacidade para produzir 5 milhões de doses por mês entre dezembro e janeiro.