Avanço

Eventos corporativos com até 100 pessoas são liberados em Pernambuco

Eventos foram divididos entre três categorias

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 04/09/2020 às 14:09
NOTÍCIA
Divulgação/Hélia Sheppa/SEI
FOTO: Divulgação/Hélia Sheppa/SEI
Leitura:

O Governo de Pernambuco autorizou a realização de eventos corporativos com até 100 pessoas ou com ocupação de 30% do espaço (o que for menor) a partir da próxima segunda-feira (7). Após análise do Gabinete de Enfrentamento ao novo coronavírus, o governo informou que a medida é válida para todo o Estado.

Os eventos contemplados pela medida podem ser realizados por empresas públicas, privadas, organizações sociais ou entidades sem fins lucrativos. Os encontros não podem ultrapassar o horário de 22h, e os protocolos de segurança contra a covid-19 devem ser seguidos.

Os eventos corporativos fazem parte da sexta etapa do Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, os eventos foram divididos entre corporativos, sociais e culturais.

Os eventos sociais, que têm como objetivo socialização e comemoração (casamentos, festas, entre outros), estão previstos para ser liberados na etapa 9, também com até 100 pessoas ou 30% da capacidade. Na etapa 10, haverá aumento da capacidade de todos os três tipos de eventos para até 300 pessoas ou 50% da capacidade do local, e assim por diante.

Regiões que avançam no plano

O governo estadual anunciou que a 5ª Gerência Regional de Saúde, que tem Garanhuns como cidade polo, e a 8ª Geres, que tem como sede Petrolina, irão para a etapa 7 do plano de convivência.

Os serviços de alimentação e shopping centers poderão ampliar o horário de funcionamento para 22h. Nestes municípios, os estabelecimentos estavam funcionando das 10h às 20h (centro de compras) e das 6h às 20h (bares e restaurantes).

A 9ª Geres, que tem como destaque os municípios de Araripina e Ouricuri, avançam da etapa 4 para a 6, ou seja, poderão abrir os serviços de escritório (50% da carga), de alimentação (50%, das 6h às 22h), além de academias de ginástica, feiras, shoppings, entre outros. Será permitida ainda a volta de 100% do efetivo do comércio e aluguel de veículos, assim como serviços de vistoria.

As outras gerências regionais de saúde não avançam de fase na próxima semana.

Mais Lidas