menu

Com prefeito e vice presos, Agrestina completa 92 anos de Emancipação Política

Gestores foram detidos durante Operação da Polícia Federal

Ruas de Agrestina têm pouca movimentação nesta sexta
Ruas de Agrestina têm pouca movimentação nesta sexta (Reprodução/TV Jornal Interior)

A cidade de Agrestina, no Agreste pernambucano, está completando 92 anos de Emancipação Política nesta sexta-feira (11), mas a programação de comemoração foi suspensa. Na manhã dessa quinta-feira (10), o prefeito Thiago Nunes, e o vice José Pedro da Silva, conhecido como Zito da Barra, foram presos durante a operação "Pescaria" da Polícia Federal (PF).

Com a operação, a Justiça determinou o afastamento de gestores, incluindo o prefeito e o vice, e funcionários públicos por 120 dias. Portanto, o município segue, até o momento, sem representante do executivo. Deve ser realizada uma reunião entre os vereadores na próxima segunda-feira (14) para decidir se o presidente da Câmara assumirá a prefeitura. A Câmara disse que ainda não foi notificada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Sobre a operação

Thiago Nunes e Zito da Barra foram presos por suspeita de fraude em licitação. O prefeito foi levado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, também no Agreste.

A 3ª fase da Operação "Pescaria" foi deflagrada para dar continuidade às ações iniciadas em 2018 para desarticular uma organização criminosa suspeita de desvio de recursos públicos na Prefeitura do município.

Segundo informações divulgadas pela PF, as vantagens ilícitas eram recebidas por meio da contratação fraudulenta de empresa de “fachada”, com recursos vindos de verbas federais. Na operação, foram investigadas a lavagem dos lucros ilicitamente recebidos pela organização criminosa, através da conta bancária de titularidade de um “laranja” ligado ao grupo.

Estão sendo investigadas as suspeitas de crimes de Organização Criminosa, Peculato, Falsidade Ideológica e Lavagem de Dinheiro. A ação contou com a participação de 70 policiais, além de servidores da Controladoria-Geral da União.