menu

Produção de ovos deve diminuir em Pernambuco

Esta é a estimativa dos empresários do setor diante da alta do dólar e da queda no consumo

Produção de ovos foi afetada por alta no preço do milho e da soja
Esta é a estimativa dos empresários do setor diante da alta do dólar e da queda no consumo (Pixabay)

A produção de ovos no estado de Pernambuco deve diminuir. Esta é a estimativa dos empresários do setor diante da alta do dólar e da queda no consumo por causa da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a análise da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe), a valorização da moeda norte-americana aumentou o preço de insumos, como o farelo de soja, o milho e outros nutrientes ofertados aos animais, como aminoácidos e vitaminas.

Em entrevista ao JC, o presidente da Avipe, Giuliano Malta, afirmou que "estamos pedindo para cada um dos produtores fazer uma cota de sacrifício e reduzir a sua produção em 20% até o consumo voltar ao normal".

Cortes de empregos

De acordo ainda com Giuliano, dentro de 30 dias o setor pode começar a reduzir as vagas de trabalho, caso persistam os fatores que estão provocando a atual crise.

"Uma parte do mercado interno perdeu poder de compra. E a produção de ovo é destinada a este público", comenta Giuliano. Entre abril e outubro, ocorreu uma queda de 10% no consumo de ovos, de acordo com a Avipe.

Informações do JC