Tortura

Mãe é presa sob suspeita de quebrar a perna da própria filha de 3 anos

A criança, que acabou sendo socorrida por uma vizinha, encontra-se com a perna engessada e sob os cuidados da avó paterna

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 08/10/2020 às 12:18
NOTÍCIA
Reprodução/ND
FOTO: Reprodução/ND
Leitura:

A Polícia Civil de Santa Catarina, na região Sul do país, prendeu, nesta quarta-feira (07), no município de Chapecó, uma mãe suspeita de quebrar a perna da própria filha por um motivo banal. De acordo com as investigações da polícia, a mulher, que não teve o nome divulgado, teria torturado a criança de três anos, porque ela não sabia acionar a descarga do vaso sanitário. 

Além disso, a mãe ainda é suspeita de manter a menina por sete dias dentro de casa com a perna inchada e com bastante febre.

“Foi apurado que, após os fatos, a mãe manteve a criança em casa por sete dias sem qualquer tipo de assistência médica, embora a criança estive impossibilitada de se locomover adequadamente, com a perna bastante inchada e apresentando alterações até na coloração, e estado febril. Ela é suspeita, sim, de quebrar a perna da própria filha de 3 anos”, explicou o delegado responsável pelo caso, Estevão Vieira.

Indiciamento

A suspeita, que nega o crime contra a própria filha, foi indiciada por tortura qualificada. Após prestar depoimento, a suspeita foi encaminhada à penitenciária feminina de Chapecó.

Já a criança, que acabou sendo socorrida por uma vizinha, encontra-se com a perna engessada e sob os cuidados da avó paterna.

Mais Lidas