Vacina

Bolsonaro diz que vacina chinesa não transmite segurança

Declaração do presidente foi dada durante entrevista à emissora de rádio

Equipe NE 10 Interior
Equipe NE 10 Interior
Publicado em 22/10/2020 às 15:30
NOTÍCIA
Marcelo Camargo/Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Em relação à vacina Coronavac, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que não acredita que ela transmita credibilidade “pela sua origem” e usou como justificativa que “esse vírus [Covid-19] teria nascido” na China. As declarações do presidente foram dadas em entrevista à rádio Jovem Pan.

“Acredito que teremos a vacina de outros países, até mesmo a nossa, que vai transmitir confiança para a população. A da China, lamentavelmente, já existe um descrédito muito grande por parte da população, até porque, como muitos dizem, esse vírus teria nascido lá”, declarou o presidente.

Acordo

Apesar da fala de Jair Bolsonaro, o Instituto Butantan (Brasil) no momento mantém parceria apenas com a Sinovac (empresa chinesa) para o desenvolvimento de uma vacina (Coronavac) contra o coronavírus.

Pelo acordo com a farmacêutica chinesa, parte das doses da vacina chinesa são desenvolvidas inteiramente na China, enquanto que o restante será produzido no instituto paulista, como parte de protocolos de transferência de tecnologia.

 

Mais Lidas