Fiscalização

Operação de fiscalização em academias é realizada em Caruaru e outras cidades do Agreste

Ação percorreu 22 cidades da região

Marília Pessoa
Marília Pessoa
Publicado em 27/11/2020 às 12:25
NOTÍCIA
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O Conselho Regional de Educação Física (CREF), juntamente com a Polícia Militar (PM), finalizou uma operação nesta sexta-feira (27) para fiscalizar academias de Caruaru e outras cidades do Agreste de Pernambuco. A ação já percorreu 22 cidades da região desde essa segunda-feira (23).

Entre as ações de fiscalização promovidas estão vistorias nos espaços, além da averiguação do Certificado de Pessoa Jurídica dos espaços, a presença de um responsável técnico que tenha registro no Conselho entre outros pontos.

As cidades fiscalizadas foram Jataúba, Vitória de Santo Antão, Brejo da Madre de Deus, Cumaru, Bonito, Barra de Guabiraba, São Joaquim do Monte, Chã Grande, Gravatá , Bezerros, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Belo Jardim, Tacaimbó, São Caetano, Altinho, Agrestina, Cupira, Ibirajuba, Santa Maria do Cambucá, Jurema e Caruaru.

Segundo o presidente do Conselho Regional de Educação Física, o professor Lúcio Beltrão, as academias devem seguir as normas e, em caso se irregularidades, serão interditadas.

“Os estabelecimentos precisam estar com o Certificado de Registro de Pessoa Jurídica atualizado e colocado em local bem visível para que todos possam olhar e conferir. É obrigatório ainda a presença do Profissional de Educação Física regular junto ao CREF em qualquer horário que a academia ou similar esteja aberta. Sem isso, a academia será interditada, pois o risco à saúde e à vida da população é gigante", explica ele.

Balanço da Operação

De acordo com o assessor Técnico de Fiscalização, Marcelo Santos, várias coisas são observadas durante a abordagem. “Quando chegamos em uma academia, o primeiro ponto que observamos é se as atividades são orientadas por um Profissional de Educação Física. Após isso, procuramos o registro do estabelecimento no CREF e seguimos para a parte estrutural, no que se refere ao maquinário disponibilizado nos locais e os protocolos de segurança no combate à proliferação da COVID-19. Quando a pessoa que orienta as atividades não possui o registro no Conselho, ela é notificada pelo exercício ilegal da profissão", conta.

Da segunda (23) até quinta-feira (26), 22 cidades foram visitadas. 83 locais foram fiscalizados, 156 pessoas fiscalizadas, das quais 19 foram notificadas por exercício ilegal da profissão. Um total de 10 academias foram fechadas pela fiscalização.

Em Caruaru foram 38 academias fiscalizadas pelo CREF12/PE, sendo cinco notificações por exercício ilegal da profissão, quatro academias clandestinas notificadas. Um estabelecimento foi fechado pela fiscalização.

Nesta sexta-feira (27) foram 15 academias fiscalizadas, sendo duas notificações por exercício ilegal da profissão , quatro academias clandestinas notificadas e um estabelecimento foi fechado.

Mais Lidas