Economia

Feira da Sulanca tem bom movimento após primeira parcela do 13º salário

Feirantes esperam minimizar os prejuízos provocados pela pandemia da covid-19

Ana Maria Santiago de Miranda
Ana Maria Santiago de Miranda
Publicado em 07/12/2020 às 12:29
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

O pagamento da primeira parcela do 13º salário aqueceu as vendas na Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Nesta segunda-feira (7), o movimento foi tranquilo, mas no domingo (6) a circulação de pessoas foi intensa.

Os feirantes esperam, com as vendas de fim de ano, minimizar os prejuízos provocados pela pandemia da covid-19. Já os clientes vão à procura de produtos de qualidade com preço baixo.

Confira o calendário das feiras de fim de ano em Caruaru, Santa Cruz e Toritama

Entre as opções há relógios a partir de R$ 8 e saias no valor de R$ 30, por exemplo. Os preços também podem ser negociados entre feirante e cliente.

"Depois do recebimento do 13º, há uma melhora. Eu creio que esse ano foi além da expectativa, a feira está intransitável", disse o feirante José Paulo, no domingo.

O sulanqueiro João Henrique também avalia o momento como positivo: "A movimentação realmente aqui está sendo bem agradável, espero realmente que as próximas feiras, por conta dessa pandemia, seja melhor".

Comércio

As lojas do centro também estão abertas aos domingos durante o mês de dezembro. Os lojistas estão esperançosos com as vendas.

"A expectativa da gente é de um dia bom de vendas, o cliente vir à procura de um presente ou passar o final do ano com um calçado novo", diz o gerente da Sapataria Muniz, Demétrios Souza.

"Vai ser dezembro todo, até o final do ano a gente espera que aumente bem o movimento para bombar em vendas", avalia o subgerente da Narciso Enxovais, Luiz Henrique.

Mais Lidas