MORTE

Ex-deputado federal Carlos Eduardo Cadoca morre aos 80 anos

Cadoca estava internado há mais de um mês após contrair a Covid-19

Equipe NE10 Interior
Equipe NE10 Interior
Publicado em 13/12/2020 às 11:37
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Atualizada às 15h08

Morreu, neste domingo (13), aos 80 anos, o ex-deputado federal Carlos Eduardo Cadoca. Ele estava internado há mais de um mês em um hospital do Recife, após contrair a covid-19.

A morte do ex-deputado foi confirmada por sua esposa Berenice, em uma rede social. “Você, Cadoca, estará intensamente presente nas nossas vidas, nas lembranças mais felizes e para sempre em nossos corações.”, disse ela.

Cadoca foi deputado entre 1999 e 2018.

Confira publicação: 

Cremação

O corpo foi cremado em um cerimônia para família, às 11h.

Repercussão

Após a divulgação da morte de Cadoca, alguns políticos manifestaram o pesar pela perda do político pernambucano nas redes sociais.

Paulo Câmara, governador de Pernambuco, emitiu uma nota de pesar. "Vereador, deputado estadual e deputado federal, Cadoca iniciou a sua vida política no movimento estudantil nos anos 1960. Além da atividade parlamentar, ele se destacou como Secretário nas gestões de Jarbas Vasconcelos na Prefeitura do Recife e no Governo do Estado. Expresso aqui meu pesar à sua esposa Berenice, aos filhos e a todos os parentes e amigos", diz o texto.

Já Geraldo Julio, prefeito do Recife, enviou o seguinte comunicado à imprensa: "Recebi com enorme tristeza a notícia do falecimento do ex-deputado Carlos Eduardo Cadoca. Numa história de vida marcada pela defesa da democracia e por serviços prestados ao Brasil e a Pernambuco, se destaca o seu amor pelo Recife e o empenho com que se dedicou a desenvolver nossa cidade e levar nossas riquezas para todo o mundo. O Recife vai se lembrar de Cadoca por sua alegria e amor incondicional pela cidade. Quero mandar um abraço carinhoso para a nossa companheira Berenice, seus filhos e demais familiares e amigos. Que Deus possa confortar a todos nesse momento de dor".

O senador Jarbas Vasconcelos também se pronunciou através das redes sociais sobre a perda de Cadoca: "Cadoca deixa um legado de amizades fraternas e uma marca de político e gestor sério e virtuoso. Caminhamos juntos por mais 40 anos. Mais do que parceiro de trabalho na vida pública, ele foi um grande e leal amigo. Um amigo como poucos. Construímos muitas coisas juntos. Vivenciamos e superamos também juntos muitos desafios. Acompanhei de perto sua caminhada, assim como ele a minha. E tudo isso foi um grande privilégio para mim".

O deputado federal Augusto Coutinho foi outro que lamentou publicamente. "Nossa política perdeu um grande nome e eu um grande amigo. Recebi com tristeza e pesar a notícia do falecimento de Cadoca com quem tive a felicidade de conviver durante vários anos e, nos últimos, como companheiro de partido. [...] Descanse em paz eterna. Que seus familiares tenham conforto e guardem as melhores lembranças", diz um trecho da nota.

Outros políticos como Roberto Freire, Carlos Veras, Bruno Araújo, Augusto Carreras, Luciano Siqueira, Daniel Coelho, Anderson Ferreira, Eduardo da Fonte, Professor Lupércio e Wanderson Florêncio também lamentaram publicamente a perda de Cadoca.

Mais Lidas