Saúde

Nova variante do coronavírus pode estar por trás de caos no Amazonas

Mutação foi detectada pela primeira vez em viajantes que iam para Tóquio

Laís Milena
Laís Milena
Publicado em 15/01/2021 às 16:27
NOTÍCIA
(Bruno Kelly/Reuters)
FOTO: (Bruno Kelly/Reuters)
Leitura:

Pesquisadores acreditam que a nova variante do coronavírus, identificada no Amazonas pode estar por trás do caos visto em Manaus nos últimos dias. O sistema de saúde da capital entrou em colapso com a falta de oxigênio e de leitos de UTI para pacientes com a Covid-19.

>Amazonas pede ajuda para transferir 60 bebês prematuros de Manaus
Variante do coronavírus encontrada no Japão tem origem no Amazonas

O número de internações subiu e os pacientes estão sendo transferidos para outros estados. Segundo Felipe Naveca, cientista da Fundação Oswaldo Cruz no Amazonas a nova variante mostrou algumas das mesmas mutações que as novas variantes detectadas no Reino Unido e na África do Sul.

Em entrevista para a agência AFP, Naveca disse: "Existe essa possibilidade (de a nova variante ter maior poder de contágio), eu não posso garantir que isso já esteja ocorrendo, mas existe por conta das mutações que ela apresentou na posição 484 e 501, são mutações que são associadas a esse potencial de mais transmissão. Então muito provavelmente sim."

A situação de Manaus, no entanto, se deve a vários fatores. As festas de fim de ano e os protestos pela reabertura do comércio, já indicavam um aumento no número de caso. A nova variante do coronavírus pode ter acelerado esse processo.

Mutações

No Reino Unido e África do Sul também foram identificadas mutações do coronavírus. No caso do Reino Unido, pesquisadores concluíram que a variante britânica era 70% mais contagiosa do que a já existente. A mutação foi fator determinante para o endurecimento das regras no país. Algumas nações chegaram a proibir a entrada de pessoas com passagem recente pelo Reino Unido.

A nova variante mais transmissível do coronavírus, encontrada no Brasil, foi detectada pela primeira vez em viajantes que iam para Tóquio, antes de ser rastreada até a América do Sul.

*Com informações da BBC

Mais Lidas