polêmica

Anderson, do Molejo, nega estupro e diz que relação era consensual

O cantor foi acusado de abuso sexual por um cantor e dançarino de 21 anos

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 06/02/2021 às 8:59
NOTÍCIA
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Depois de prestar depoimento na 33ª Delegacia de Polícia do Rio, o vocalista do grupo Molejo, Anderson Leonardo, conversou com jornalistas sobre as acusações feitas pelo jovem de 21 anos, que afirma ter sofrido abuso sexual. Conhecido como MC Maylon, o cantor de dançarino Maycon Douglas, registrou um boletim de ocorrência na última terça-feira (3) alegando ter sido estuprado pelo cantor.

Jovem diz que foi estuprado por Anderson Leonardo, vocalista do Molejo; cantor nega

Anderson disse que a relação era consensual e que conheceu o rapaz no Tinder, contradizendo a versão da suposta vítima. "Se eu ver que eu tô machucando, vocês acham que eu vou continuar? Não sou tão bruto assim, não sou assim. Se eu sentisse... Foi tudo pelo Tinder. Como um virgem vai saber fazer o que ele fez comigo?", disse. O cantor falou ainda que, ao contrário do que Maylon diz, ele não era virgem.

O cantor prestou depoimento na última sexta-feira (6) e alegou que a família do MC Maylon estava o ameaçando. "Eu quero pedir desculpas a todo o Brasil, a todo mundo, por essa situação, por esse constrangimento porque eu nunca iria fazer isso com ninguém."

Relembre o caso

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, Maylon teria saído de casa para encontrar Anderson no dia 11 de dezembro para conversar sobre uma possível abertura para a carreira artística em um clube na Taquara, no Rio de Janeiro. O MC contou que foi até o casso e que a conversa foi sobre uma bota danificada em um show que fizeram juntos.

Maylon teria comentado sobre o ocorrido com a esposa de Anderson e o cantor não gostou, por isso decidiu lhe dar um "castigo" de suspensão dos eventos dele por um mês e cinco dias. Depois de informar sobre isso, Anderson teria se dirigido até um motel e afirmado que os dois iriam ter uma "reunião sigilosa".

Ao chegar no local, Maylon contou que o cantor teria dado as chaves do quarto para que ele abrisse a porta, mas ele negou. Em seguida, Anderson teria aberto a porta e forçado o dançarino a largar o celular. No quarto, o pagodeiro teria tirado a roupa dele e o estuprado."Quando ele penetrou em mim, senti muita dor", declarou.

Maylon relatou ainda que ouviu diversos xingamentos e teria desmaiado. Quando acordou, percebeu que foi deixado numa rua próxima ao motel.

Mais Lidas