recuperação

Depois de falar com menino encontrado em barril, mulher diz que "ele queria um pastel"

A criança de 11 anos foi encontrada na última semana sofrendo maus-tratos em casa

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 07/02/2021 às 9:15
NOTÍCIA
Divulgação/Polícia Militar de Campinas
FOTO: Divulgação/Polícia Militar de Campinas
Leitura:

Depois de ser encontrado na última semana dentro de um barril na própria casa há pelo menos um mês, o menino de 11 anos vítima de maus-tratos pediu para comer um pastel no hospital, em Campinas, São Paulo. Quem relatou o caso foi uma mulher de 25 anos, que preferiu não se identificar em entrevista ao UOL.

PM arrecada doações para menino resgatado de barril, em Campinas

A mulher relatou que a criança é educada e amorosa, pedia ‘por favor’ e agradecia sempre, mostrando alívio por estar em um hospital. A moça relatou também que o menino fez um pedido inusitado: ele queria um pastel de frango com requeijão.

Vizinhos invadem e depredam casa onde menino vivia acorrentado em barril

"A equipe médica responsável autorizou que ele comesse o pastel, e fomos comprar. Quando oferecemos para ele, os olhos do menino brilharam de uma forma inacreditável. Mas, inacreditável mesmo foi o que aconteceu na sequência: assim que deu a primeira mordida, ele ofereceu o pastel para quem estava perto dele. Muitos se emocionaram", lembrou a mulher se emocionando.

De acordo com ela, o garoto reagiu bem ao tratamento e teve alta médica depois de quatro dias de internação. A criança agora está em um abrigo e conta com acompanhamento nutricional, apoio de psicólogos e médicos.

Investigação

A Polícia Civil de Campinas ouvir, ao menos, seis vizinhos do garoto de acordo com o UOL. O pai está preso em Campinas, a madrasta e meia-irmã estão na Penitenciária de Tremembé (SP), no Vale do Paraíba.

Investigadores da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher acreditam que os maus-tratos já ocorriam há, pelo menos, sete anos.

Mais Lidas